fundo internacional

FMI aprovou US$ 54 bi em ajuda financeira este ano

Grécia e Portugal foram os países que mais demandaram recursos do FMI no ano fiscal de 2012

Allan Nascimento
Allan Nascimento
Publicado em 04/10/2012 às 19:08
Leitura:

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou um total de US$ 54 5 bilhões em ajuda financeira para vários países no ano fiscal de 2012, de acordo com relatório anual divulgado nesta quinta-feira (4). Grécia e Portugal foram os países que mais demandaram recursos do FMI no ano fiscal de 2012. A Irlanda também tomou recursos expressivos, mas em menor montante que os outros dois países, destaca o documento.

"Foi um período duplamente desafiador, para o Fundo e para os países membros", destaca na abertura do documento a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, ressaltando que a instituição tem de estar preparada para novos pedidos de recursos.

O ano fiscal de 2012 refere-se ao período de maio de 2011 a abril deste ano. O FMI ressalta que foram negociados 24 acordos de ajuda, que incluem novas operações e extensão de empréstimos já acordados anteriormente. Do total de acordos, 17 foram para países pobres, dentro do programa do Fundo de redução de pobreza e estímulo ao crescimento.

O documento ressalta que, em meio à crise em vários países, sobretudo na Europa, a demanda por recursos permaneceu elevada, mas em menor nível quando comparada aos períodos anteriores. No ano fiscal anterior, em 2011, o conselho do FMI aprovou um total aproximado de US$ 130 bilhões para países em dificuldades, incluindo linhas especiais de crédito, programas stand-by e o chamado programa de financiamento ampliado. No ano fiscal de 2012, o FMI recebeu um reforço de US$ 460 bilhões dos países membros. O aporte veio de vários países, inclusive do Brasil, diz o relatório.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias