Preço

Pernambucanos estão pagando mais caro pela cesta básica

Estudo do Procon-PE registrou alta nos preços cobrados na Região Metropolitana do Recife e no interior do Estado

Marina Barbosa
Marina Barbosa
Publicado em 03/01/2013 às 11:44
Foto: Clemilson Campos / JC Imagem
Estudo do Procon-PE registrou alta nos preços cobrados na Região Metropolitana do Recife e no interior do Estado - Foto: Clemilson Campos / JC Imagem
Leitura:

Os pernambucanos começaram o ano de 2013 pagando mais caro pelos itens básicos de alimentação. De acordo com pesquisa do Procon-PE, a cesta básica está mais cara na Região Metropolitana do Recife e nos municípios de Caruaru, Vitória de Santo Antão e Cabo de Santo Agostinho. O preço mais alto foi registrado no Cabo, onde a cesta básica está custando R$261,74.

Na RMR, o preço médio chega a R$261,26, o que representa aumento de 0,50% em relação ao mesmo período do ano passado. Os outros municípios pesquisados também registraram aumento nos preços. Em Caruaru o custo chega a R$ 252,16, alta de 0,20%; e em Vitória de Santo Antão R$251,66, alta de 0,12%. Apesar de registrar o maior preço bruto, o Cabo de Santo Agostinho apresenta variação de apenas 0,16% em relação a dezembro do ano passado.

Ainda de acordo com o estudo do Procon-PE, quase todos os produtos que compõem a cesta básica do pernambucano sofreram aumento. Os itens de alimentação registraram as maiores variações e alguns produtos sofreram alta de até 145%. Na RMR os itens que mais sofreram variação foram o quilo da batata inglesa (122,91%) e o quilo da cebola (119,50%). Em Caruaru, o café em pó (94,41%) e o quilo da salsicha avulsa (74,67%). Em Vitória de Santo Antão, o quilo do alho (108,86%).

O Procon-PE ainda realizou um comparativo anual dos preços e mostrou que a cesta básica passou de R$243,06 em janeiro de 2012 para R$261,74 em dezembro do mesmo ano. Com esse custo, o produto vem causando um impacto de até 42,08% sobre o salário mínimo.

A pesquisa foi realizada durante o mês de dezembro de 2012. Foram analisados 27 itens da cesta básica e 63 estabelecimentos comerciais, sendo 20 na RMR, 9 no Cabo de Santo Agostinho, 22 em Caruaru e 12 em Vitória de Santo Antão.

O estudo completo está disponível no site do Procon-PE, no link "Pesquisa de Preços". Lá, é possível ver a lista de estabelecimentos pesquisados e o preço dos produtos em cada um deles.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias