Concurso

Anvisa tem 314 vagas. Salário chega a R$ 10 mil

As oportunidades, para trabalhar em Brasília, são para cargos de nível médio e superior

Da Editoria de Economia
Da Editoria de Economia
Publicado em 19/03/2013 às 16:48
Leitura:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) lançou edital para 314 vagas, todas para atuar em Brasília, para nível médio e superior. Os salários vão de R$ 4.760,18 a R$ 10.019,20. As inscrições começam nesta quarta (20) e vão até 10 de abril no www.cetroconcursos.org.br. Custam R$ 50 para nível médio e de R$ 70 para nível superior. 

São 157 oportunidades para especialista em regulação e vigilância sanitária, 29 para analista administrativo, 100 para técnico em regulação e vigilância sanitária (nível médio) e 28 para técnico administrativo (nível médio).

Os cargos de técnico em regulação e vigilância sanitária e técnico administrativo exigem nível médio. 

Quem quer concorrer para analista administrativo precisa ter nível superior em administração ou economia (área 1), ciências contábeis (área 2), direito (área 3), engenharia civil (área 4), análise  de sistemas ou ciência da computação ou processamento de dados ou sistemas de informação ou informática ou engenharia da computação ou engenharia de sistemas ou engenharia de redes (área 5), pedagogia (área 6) e psicologia (área 7).

Já para especialista em regulação e vigilância sanitária, a exigência é de nível superior em engenharia elétrica ou engenharia mecânica ou engenharia de materiais ou engenharia de produção ou física ou engenharia química ou química (área 1), enfermagem ou farmácia  ou medicina ou biologia ou biomedicina ou nutrição ou medicina veterinária ou fisioterapia ou odontologia (área 2) e qualquer área de formação (área 3).

Para os cargos de técnico em regulação e vigilância sanitária e técnico administrativo, a seleção será feita em uma só etapa, com prova objetiva e prova discursiva. A data prevista é 2 de junho.

Já para especialista em regulação e vigilância sanitária e analista administrativo, haverá duas etapas de seleção. A primeira terá duas fases: prova objetiva e prova discursiva; a segunda: avaliação de títulos. A data prevista é 2 de junho. A segunda etapa será o Curso de Formação Profissional, com até 160 horas de duração, também em Brasília. 

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Boa Vista, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Rio de Janeiro, Salvador, São Luís, São Paulo, Teresina, Vitória. 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias