INDÚSTRIA

Jeep anuncia novo parque de fornecedores

Itapissuma está mais cotada para ser a sede do Supplier Park 2

Editoria de Economia
Editoria de Economia
Publicado em 27/05/2015 às 8:01
JC Imagem
Itapissuma está mais cotada para ser a sede do Supplier Park 2 - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Uma nova onda de investimentos começa a tomar corpo na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Hoje, a Jeep revela detalhes do seu segundo parque de fornecedores, que passará a integrar o Polo Automotivo e trará mais uma etapa de instalação de empresas e abertura de vagas de emprego. Segundo o JC apurou, o anúncio de hoje deve indicar Itapissuma como sede do empreendimento. Ela e Igarassu estão cotadas para abrigar o negócio.

Integrante do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), a Jeep apresentou oficialmente à imprensa no mês passado seu primeiro parque de fornecedores, também chamado de Supplier Park 1. Os jornalistas fizeram uma visita à estrutura que só era conhecida pelos números vultosos: 16 empresas e R$ 2 bilhões em investimentos. São marcas como Magnetti Marelli, Pirelli, Saint Gobain e Lear.



Hoje, serão dados os detalhes do Supplier Park 2. Porém, já cogita-se que o novo parque terá 23 empresas, quase o dobro do atual. O novo empreendimento terá características próprias, mas, para se ter uma ideia do peso econômico dele, se o investimento for proporcional ao do primeiro parque, o Supplier Park 2 poderá receber algo na ordem de R$ 3,5 bilhões em investimentos e gerar cerca de 2.500 empregos.

Segundo entrevista exclusiva dada ao JC ao caderno especial sobre a companhia, publicado no mês passado, o vice-presidente mundial de manufatura da FCA, Stefan Ketter, falou rapidamente dos planos, mas sem dar muitas informações. Ele disse apenas que a nova área terá fornecedores estratégicos, como “ferramentais, manutenção de ferramentais, componentes de instalação de processos”, além de outras empresas que venderão produtos e serviços para os integrantes de ambos os parques. A previsão era que o novo parque ficasse num raio de 20km.

ITAPISSUMA
Contudo, fontes do mercado consultadas pela reportagem dão conta que há negócios em fase inicial para instalação do Supplier Park 2 em Itapissuma, em duas áreas.

Quem reforça a escolha da cidade é o prefeito, Cal Volia (PSDB). Segundo ele, as conversas estão muito avançadas para que essas áreas fiquem entre as fábricas da Ambev e a da Itapaiva. Os terrenos seriam da Usina São José, que teria se comprometido em construir um acesso rodoviário. O começo das obras estaria previsto para o começo segundo semestre. “Fica muito perto da Jeep, cerca de 8km. A localização, a disponibilidade das áreas e as parcerias com o Estado e com o Município foram decisivos”, afirma Cal Volia. No entanto, a formalização só viria após a construção do acesso.

Já o prefeito de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), destaca as parcerias que o município já tem com a Fiat e o compromisso do ex-governador Eduardo Campos de que o segundo parque seria na cidade. “Fizemos adequações no nosso Plano Diretor e temos um amplo trabalho de qualificação de jovens”, comenta Mário. Ele se refere a áreas reservadas ao longo da BR-101 e aos cursos de formação do Senai, com treinamentos específicos para a área automotiva, que já formou cerca de três mil pessoas.

Ele lembra ainda que a Jeep também nossa parceira na primeira escola de tempo integral do município, tanto na capacitação de professores quanto nas estruturas das unidades. “Os nossos laços serão mantidos com a Fiat independentemente do Supplier Park, especialmente na capacitação profissional”, pondera o gestor.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias