Zona Oeste

Procura por milho é grande no Ceasa

Para atender demanda, vendedores estão trabalhando em esquema de plantão

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 22/06/2015 às 11:42
Foto: Bobby Fabisak/Jc Imagem
Para atender demanda, vendedores estão trabalhando em esquema de plantão - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/Jc Imagem
Leitura:

A movimentação é grande no Centro de Abastecimento de Pernambuco (Ceasa), na Zona Oeste do Recife, na manhã desta segunda-feira (22). Com a aproximação das comemorações de São João, a procura pelo milho e outros produtos para o preparo das delícias juninas aumenta. Os preços oscilam entre R$ 20 e R$ 30, mas em alguns montes, o produto é vendido por até R$ 40, dependendo da qualidade e tamanho. 

Em relação ao preço praticado no ano anterior, a mão de milho, que equivale a 50 espigas, aumentou cerca de 20%. Em 2014, a mão de milho custava, em média, R$ 20. Este ano, o preço médio é R$ 24. No entanto, o acréscimo no valor não assustou os consumidores e, para atender a demanda, os vendedores estão trabalhando em esquema de plantão, inclusive de madrugada. 

"Consideramos o mês de junho o mais importante para o Ceasa. Mesmo com o aumento do preço a procura é grande e para dar conta estamos desde o dia 12 até amanhã trabalhando 24 horas por dia. Já no dia 24 as atividades funcionarão até as 12h", explicou presidente da Ceasa, Gustavo Melo. A oferta do milho para o período junino deste ano foi afetada pela estiagem e irregularidade das chuvas, além da redução da área plantada. A previsão é de que essa queda gire em torno de 15%, reflexo desses fatores.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias