Turismo

Novo voo Recife-Miami da Latam busca resgatar turistas norte-americanos

Pernambuco sofreu uma queda de 15% de visitação oriunda dos Estados Unidos após a saída do voo direto da American Airlines

JC Online
JC Online
Publicado em 26/09/2016 às 12:11
Foto: Felipe Amorim/JC
Pernambuco sofreu uma queda de 15% de visitação oriunda dos Estados Unidos após a saída do voo direto da American Airlines - FOTO: Foto: Felipe Amorim/JC
Leitura:

Miami - Com o voo Recife-Miami da Latam já em funcionamento, o principal objetivo do Governo de Pernambuco agora é fazer os turistas norte-americanos visitarem o Estado e, dessa forma, recuperar a significativa queda de 15% de visitação oriunda dos Estados Unidos após a America Airlines ter deixado de operar desde maio deste ano, tanto pelo portão internacioal como via embarque nacional.

Como os EUA são um dos três principais mercados emissoes internacionais de turistas para Pernambuco (somam-se a portugueses e argentinos), a estratégia do Governo é focar neles. "Esse voo direto causa um impacto muito grande e como acreditamos no potencial que o turista norte-americano tem por desejar sol e mar, temos muita coisa a ofertar. No momento, é o nosso mercado prioritário e queremos que eles conheçam mais Pernambuco", disse a presidente da Empetur, Ana Paula Vilaça, durante café da manhã com trade turístico da Flórida.

No encontro, promovido pela Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Governo do Estado, o trade turístico pôde conhecer os outros pontos turísticos, além das já conhecidas praias do Litoral Sul. "Em Pernambuco, vivemos durante muito tempo do turismo de negócios. Agora também temos outras muitas opções de lazer", disse Ana Paula Vilaça.

A presidente da Empetur apresentou rotas turísticas dos museus do Recife, parques tecnológicos e seu turismo científico, além claro das manifestações culturais, tais como o frevo e maracatu. "A Rota do Vinho de Petrolina e regiões próximas, no sertão do Estado; e o turismo rural também são lugares fascinantes a serem explorados", comentou Ana Paula.

Além de conhecer as rotas de turismo, os responsáveis em "vender" Pernambuco aos norte-americanos puderam conhecer, durante café da manhã, um pouco do que é a culinária pernambucana com muita macaxeira, inhame, carne de sol e bolo de milho.

A expectativa com o voo semanal da Latam ligando as cidades Recife e Miami é muito grande. Basta observar o impressionante aumento de visitação ao Estado de argentinos depois dos voos diretos entre Recife-Buenos Aires via Latam e Gol. Em 2014, sem conexão direta, a taxa de visitação foi de 1.700 hermanos. Em 2015, já com a Latam em operação, pulou para 34 mil. Neste ano, com a inclusão da Gol, 37 mil argentinos já visitaram Pernambuco até agosto.

Nova rota

É bom lembrar que a partir de 7 de dezembro, a Azul começará a operar dois voos semanais entre Recife-Orlando, aumentando, assim, a taxa de visitação ao Estado. Por enquanto, afirmou Vilaça, a cidade de Nova Iorque, outro destino importante bastante visitado por pernambucanos, ainda está sem previsão de voo direto.

*O editor Felipe Amorim viajou a convite da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Governo de Pernambuco.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias