Imposto de Renda

Fundação Terra lança campanha de doação por meio do IR

Empresários têm até o próximo dia 31 para entregar declarações

Da Editoria de Economia
Da Editoria de Economia
Publicado em 13/12/2016 às 7:00
Alexandre Gondim/JC Imagem
Empresários têm até o próximo dia 31 para entregar declarações - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

A Fundação Terra – comandada pelo Padre Airton Freire em Arcoverde - está lançando a campanha anual “Doação sem Dor”. O objetivo é sensibilizar empresários a doar parte do Imposto de Renda (IR). A legislação brasileira permite que empresas e pessoas físicas destinem parte do valor que seria pago à Receita Federal a projetos sociais.

A destinação do Imposto de Renda pode ser de 1% sobre o lucro líquido ou de 2% sobre o lucro operacional bruto. Dentre as vantagens de se fazer essa modalidade de doação, está a chance de decidir como o dinheiro do IR vai ser gasto e de acompanhar a execução dos projetos.

A Fundação Terra é reconhecida pelo trabalho social que desenvolve no Sertão de Pernambuco, com escolas e creches para cerca de mil crianças. A instituição também mantém um centro de reabilitação, que trata de bebês com microcefalia de 35 cidades do Semiárido, e oferece educação complementar, ensino profissionalizante para jovens e adultos, abrigo de idosos, casas de acolhimento para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, centro de reabilitação para dependentes químicos e outros projetos.

PROPÓSITO

Pela regra atual, as empresas têm até o dia 31 de dezembro para entregar suas declarações e indicar percentual do IR para doações.Desde 2012, a diretora-presidente do Grupo Neoenergia Solange Pinto Ribeiro destina parte do seu IR (pessoa física) para a Fundação Terra.

“Minha decisão de contribuir levou em conta o empreendedorismo social e a forma eficiente e transparente como as atividades são conduzidas, nos mostrando que, através de iniciativas como estas, podemos sim mudar o mundo. O Padre Airton é um destes transformadores que já está mudando não apenas a vida das pessoas nas comunidades carentes ao seu redor, mas também nos proporcionando a oportunidade de participar desta mudança”, diz.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias