CONSUMO

Próximo do retorno às aulas, itens do material escolar têm alta de cerca de 40%, diz Procon-PE

Pesquisa realizada pelo Procon-PE avaliou 44 itens. Em 15 houve aumento, 13 mantiveram os preços e os 16 abaixaram

JC Online
JC Online
Publicado em 13/01/2017 às 18:35
Foto: Priscila Buhr/ Acervo JC Imagem
Pesquisa realizada pelo Procon-PE avaliou 44 itens. Em 15 houve aumento, 13 mantiveram os preços e os 16 abaixaram - FOTO: Foto: Priscila Buhr/ Acervo JC Imagem
Leitura:

A lista de material escolar é uma preocupação de muitos pais no início do ano letivo, mas é importante ficar alerta nos preços de cada item. Para ajudar os pais, o Procon de Pernambuco, órgão da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, realizou uma pesquisa com 44 materiais para diagnosticar se os preços aumentaram ou diminuíram com as proximidades da volta às aulas. Na avaliação, houve uma redução em boa parte dos itens, mas em outros, porém, foi constatado um aumento de cerca de 40%.

De acordo com o Procon-PE, 16 itens do material escolar reduziram de preço, 13 mantiveram os valores e 15 tiveram aumento. Entre os materiais que mais caíram de preço, estão a massa de modelar (41,16%), o lápis de cor caixa grande (32,31%), e a caneta esferográfica (28,57%). No entanto, a maioria dos que aumentaram os valores não ultrapassaram a faixa dos 40%, com exceção da caneta hidrográfica comum de 12 cores, que aumentou 65,44%.

Diferença de preço de um local para o outro

A pesquisa foi realizada em oito estabelecimentos localizados no Recife e Olinda. Segundo o Procon-PE, a diferença de valores de um local para o outro é muito evidente. A cartolina, por exemplo, foi encontrada com uma diferença de 100%. Com isso, mesmo com a redução em alguns itens da lista, o órgão alerta que o consumidor faça a pesquisa de preço antes de comprar o produto.

Os pais e responsáveis que queiram ter acesso a lista completa da pesquisa, basta solicitar pelo email do órgão: listamaterialprocon@gmail.com.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias