Saúde

Unimed Recife III é o primeiro hospital digital da América Latina

Grupo investiu R$ 1,3 milhão para receber a certificação HIMMS

Da Editoria de Economia
Da Editoria de Economia
Publicado em 16/01/2017 às 15:13
Divulgação
Grupo investiu R$ 1,3 milhão para receber a certificação HIMMS - FOTO: Divulgação
Leitura:

O Hospital Unimed Recife recebeu o comunicado oficial da Electronic Medical Record Adoption Model (Emram), maior associação de informática em saúde no mundo, que é o primeiro hospital da América Latina a conquistar o nível 7 da Healthcare Information and Management Systems Society (Himss) Analytics. Esta certificação indica que o HURIII alcançou o mais alto nível de Tecnologia da Informação em hospitais, sendo um hospital digital. O grupo investiu R$ 1,3 milhão para receber a certificação.

No Estágio 7 o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) está implantado e em pleno uso, por todos os setores do hospital, compartilhando informações clínicas na emergência, internação, UTI, ambulatório e centro cirúrgico; Data Warehousing alimentando relatórios com resultados clínico-assistenciais, qualidade e Business Intelligence (BI).

PACIENTE

Para o paciente, o benefício é direto, já que toda informação está integrada em um único prontuário clínico eletrônico, com consequente melhora na eficiência das atividades médicas e aumento da qualidade e segurança do atendimento, através da adoção de um conjunto de padrões, protocolos, indicadores, rotinas e processos internacionais seguidos em toda e qualquer parte da assistência médica.

Inaugurado em outubro de 2011, o Hospital Unimed Recife III iniciou as atividades utilizando o PEP em parceria com a MV, empresa que desenvolveu e acompanha a utilização do programa. Em 2014 o HURIII atingiu o nível 6 da HIMSS ajustando e implantado tecnologias nos anos seguintes para automatização completa de processos e, principalmente, propondo mudanças estruturais para aprimorar o atendimento ao paciente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias