FURTO DE ENERGIA ELÉTRICA

Polícia investiga casa de shows na Av. Beberibe por furto de energia

Uma perícia técnica constatou a fraude do estabelecimento comercial

JC Online
JC Online
Publicado em 11/09/2017 às 16:10
Foto: Reprodução/Google Street View
Uma perícia técnica constatou a fraude do estabelecimento comercial - FOTO: Foto: Reprodução/Google Street View
Leitura:

A Polícia Civil investiga um possível furto de energia elétrica por parte do estabelecimento comercial "Arena Show Bar", localizado na Avenida Beberibe, no bairro Porto da Madeira, Zona Norte do Recife. Uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) esteve no local na tarde desta segunda-feira (11) e constou indícios do crime.

De acordo com o delegado Flávio Tau, responsável pelo caso, foi averiguado uma fraude no medidor de energia. "O local estava recebendo eletricidade sem ser registrado pelo contador", afirmou o delegado. O proprietário do estabelecimento não foi localizado até o momento. Dois funcionários que estavam no local foram encaminhados até a delegacia do Alto do Pascoal, também na Zona Norte do Recife, para serem ouvidos.

Outros Casos

No último dia 9 de agosto, o dono do "Caldinho do Nenen", no Pina, Zona Sul do Recife, chegou a ser preso suspeito de furtar energia. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) constatou irregularidades em três medidores de energia do estabelecimento.

Também no mês de agosto, o Parque Aquático Veneza Water Park, em Paulista, no Grande Recife, foi denunciado pela Celpe por furtar energia por aproximadamente 36 meses. Foi encontrado um equipamento na rede elétrica do parque que, quando acionado, registrava apenas a metade da energia consumida. A companhia acionou a Justiça para cobrar R$ 1 milhão do prejuízo causado pelo parque aquático.

Nota Oficial

Leia na íntegra a nota oficial da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe):

"A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informa que peritos do Instituto de Criminalística identificaram evidências de desvio de energia praticado na Arena Show Bar, em Beberibe, Zona Norte do Recife. A inspeção foi solicitada pela concessionária, após suspeitar da existência de fraudes nas instalações elétricas do cliente. A perícia policial constatou que um dos dois medidores do estabelecimento não estava contabilizando a energia consumida. Durante a ação, os técnicos verificaram que a maior parte da energia era desviada para a medição irregular, reduzindo desta forma o valor faturado para pagamento do cliente. A Celpe lembra que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. A Celpe se coloca à disposição."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias