JC RECALL DE MARCAS

Gameficação integra alunos e demandas do mercado

Grau Técnico tem como objetivo ensinar profissão e colocar novos profissionais no mercado

JC Online
JC Online
Publicado em 09/08/2019 às 8:13
Divulgação
Grau Técnico tem como objetivo ensinar profissão e colocar novos profissionais no mercado - FOTO: Divulgação
Leitura:

Fundado em 2010, com o objetivo de ser um centro de ensino técnico de excelência – formando profissionais qualificados para o mercado de trabalho, o Grau Técnico tem se destacado por investir em tecnologias para inovação no ensino, proporcionando aos alunos uma vivência prática importante para o aprendizado e a consolidação do conhecimento. Empresa mais lembrada no segmento de Cursos Profissionalizantes no JC Recall de Marcas, o Grau Técnico prepara-se para lançar até 2020 o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) – que promete tornar as disciplinas teóricas mais interativas.

“Acreditamos que, para muitos segmentos, a interatividade com a tecnologia é um caminho sem volta. Quanto a gameficação, acreditamos que irá influenciar positivamente, pois traz um ambiente de aprendizagem virtual dinâmico e lúdico, com situações que ativam a cognição de forma extremamente eficaz, além de conectar o profissional em formação com o mundo da tecnologia”, explica Ruy Mauricio Porto Carreiro Filho, CEO do grupo Grau Educacional.

Com a plataforma digital 100% concluída, a empresa aguarda a aprovação do Conselho Nacional de Educação e da Secretaria Estadual de Educação para estrear o sistema. “Já recebemos a visita e obtivemos êxito na avaliação da comissão de avaliação. Nossos cursos terão 50% da carga horária ministrada por meio de um ambiente de aprendizagem virtual gameficado, no qual o estudante aprende com muito mais eficácia”, completa Ruy Mauricio.

Um diferencial oferecido aos alunos é o encaminhamento para o mercado de trabalho. A escola opera uma agência que concentra um banco de talentos dos seus estudantes – servindo como ponte para as empresas em busca de profissionais qualificados. “Mesmo com o País passando por um momento delicado, percebemos que a mão de obra qualificada tem espaço no mercado de trabalho. Temos um dado consolidado que mostra que 75% dos nossos alunos conseguem emprego até um ano após concluir o curso. Nosso trabalho não é só ensinar uma profissão, mas fazer com que ele ingresse no mercado de trabalho”, ressalta Ruy Mauricio.

Outro diferencial é o contato direto do Grau Técnico com as empresas por meio da realização de pesquisas a partir das demandas dos empregadores. Esses resultados influenciam os cursos e os conteúdos que serão desenvolvidos no planejamento acadêmico. “Faz parte das atividades diárias. Alinhamos as pesquisas a ferramentas de geomarketing, resultando numa leitura perfeita das necessidades do mercado”, explica o CEO do Grupo Grau Educacional.

Com 42 unidades em todas as regiões do País, a escola oferece mais de 20 cursos em Saúde, Negócios, Tecnologia e Indústria. Até 2022, a meta é contar com 203 escolas. Destas, pelo menos mais 30 estão previstas para iniciar as atividades ainda em 2019. A ampliação significa um investimento de mais de R$ 300 milhões no ensino técnico. A empresa também passará a atuar no Ensino Fundamental II e no Ensino Médio focado na formação técnica, com o início da operação do Colégio Grau, em 2020. Também no próximo ano, será lançada a Faculdade Grau.

Últimas notícias