Investimento

Em Piedade, nova unidade do Boris Berenstein custou R$ 12 milhões

Novo megacentro do Boris Berenstein será oficialmente inaugurado nesta quinta-feira com coquetel para convidados

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 05/02/2020 às 18:26
Notícia
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Novo megacentro do Boris Berenstein será oficialmente inaugurado nesta quinta-feira com coquetel para convidados - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O Grupo Boris Berenstein Medicina Diagnóstica inaugura, oficialmente, nesta quinta-feira (6) a sua nova unidade em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Às 19h haverá um coquetel para convidados que deverão conhecer a estrutura de quase 3 mil m², na qual foram investidos R$ 12 milhões. O público em geral já tem sido atendido na unidade há cerca de um mês, quando ela abriu em esquema de soft oppening.

Localizada na Av. Bernardo Vieira de Melo, em Piedade, a clínica tem três pisos de estacionamento, um andar para medicina diagnóstica e outro piso para consultórios médicos, que são a nova oposta do Grupo Boris Berenstein. As especialidades que deverão ser encontradas no local são ginecologia, ortopedia e cardiologia.

Na unidade ainda serão oferecidos exames de ultrassonografia, radiologia geral e odontológica, mamografia, análises clínicas, colposcopia, ressonância magnética digital, desintometria óssea e raio x, além de análises clínicas do laboratório A+ Medicina Diagnóstica.

Nova unidade fica de frente para o mar, em Piedade. Foto: divulgação

A aposta do médico e empresário, Boris Berenstein, presidente do grupo, na nova clínica é de que nos próximos seis meses o faturamento dobre em relação à clínica que precisou ser fechada no Shopping Guararapes, também em Jaboatão. "Abrir esse megacentro em Jaboatão é algo nostálgico. Em 1974 quando assumi a gerência de uma clínica, ela ficava em Jaboatão Centro. Voltar para lá com essa grande unidade é uma forma de agradecimento”, ressalta Boris Berenstein.

Investimento de R$ 20 milhões

Segundo ele, depois de um investimento de R$ 20 milhões para abrir três novas unidades (Piedade, Olinda e Paulista) nos últimos 14 meses, o Grupo Boris Berenstein deve fechar 2020 com incremento de 15% no faturamento. “O setor de saúde foi o que menos sofreu na crise dos últimos cinco anos. Eu acredito que toda crise passa, é nisso que estou apostando ao abrir três novas unidades, uma delas com essa mega estrutura que vamos inaugurar em Piedade”, avalia o empresário.

Boris Berenstein conta que o investimento feito para abertura das novas unidades foi fruto de uma consultoria empresarial contratada há cinco anos. “A consultoria entendeu que deveríamos investir para atrair esse público da Região Metropolitana. A ideia era atender essas cidades que dão acesso ao Recife. No caso de Paulista foi um entendimento pelo crescimento da região mesmo, após o desenvolvimento daquela área de Goiana, por exemplo”, relembra.

Desde então foram iniciados processos para licença de funcionamento, construção das unidades, compra de novos equipamentos. “Pegamos um financiamento com o BNB através do FNE. Isso tudo que estamos fazendo é com 20% de capital próprio e 80% fruto desse financiamento. Agora vamos ter que trabalhar muito para pagar as parcelas”, brinca Boris.

A estimativa é de que as novas clínicas criaram 40 novos empregos diretos. Embora os quadros estejam completos, o empresário não descarta contratar mais funcionários, caso o movimento aumente. Os projetos arquitetônicos das três novas unidades são assinados por Sheila Perman, do escritório Perman Arquitetura e Design.

Atualmente o Grupo Boris Berenstein conta com sete unidades: Olinda, Paulista, Derby, Boa Viagem, Piedade, Cabo de Santo Agostinho, todas no Grande Recife, além de Arcoverde, no Sertão do Estado.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias