série b

Palmeiras usa formação mais ofensiva contra Bragantino

O Palmeiras terá uma formação mais ofensiva, em busca da vitória em Bragança Paulista

Da Agência Estado
Da Agência Estado
Publicado em 19/10/2013 às 9:43
Leitura:

Faltam apenas duas vitórias para o Palmeiras, enfim, acabar com o martírio e garantir o retorno à divisão de elite do futebol brasileiro. Por isso, chegou a hora da torcida deixar de lado as críticas e "se fechar" com o time. Com este discurso, o técnico Gilson Kleina espera apoio total para enfrentar o Bragantino neste sábado (19), a partir das 16h20, em Bragança Paulista, pela 31ª rodada da Série B.

A derrota para o Icasa por 1 a 0, na última terça-feira (15), em Juazeiro do Norte (CE), ainda não foi esquecida pela torcida do Palmeiras. Nem tanto pelo resultado em si, mas pela forma com que o time se portou. Em nome da volta ao orgulho palmeirense, Gilson Kleina espera que os torcedores compareçam em peso no jogo em Bragança Paulista e também no sábado que vem, no Pacaembu, contra o São Caetano, para a equipe se motivar ainda mais em busca dos esperados seis pontos necessários para o acesso.

"Tivemos dificuldades na última partida, mas isso tem que ficar para trás. A gente pede para o torcedor nos apoiar, já que agora faltam oito rodadas e temos que jogar juntos. É importantíssima uma vitória em Bragança", disse o treinador do líder disparado da Série B.

Além da força das arquibancadas, a equipe conta neste sábado com o retorno de importantes jogadores. O volante Márcio Araújo está recuperado de dores na coxa esquerda e volta ao time titular, assim como o zagueiro Henrique, que estava com a seleção brasileira na excursão pela Ásia.

A partida contra o Bragantino tinha tudo para marcar o retorno do meia Valdivia, após três rodadas fora, servindo a seleção chilena. O jogador, que completa 30 anos neste sábado, participou de parte do treinamento de sexta-feira, chegou até a fazer um gol de bicicleta durante o rachão, mas sentiu dores no joelho esquerdo e foi cortado da delegação. Segundo a assessoria de imprensa do clube, ele sofreu uma pancada durante um jogo pelo Chile.

Sem poder contar com Valdivia, Gilson Kleina resolveu mexer na formação tática palmeirense e, assim, espera conseguir obter maior criatividade no meio-de-campo. Na partida contra o Icasa, ele escalou três volantes - Léo Gago, Marcelo Oliveira e Wesley - e a equipe não conseguiu criar boas oportunidades. Neste sábado, o meia Felipe Menezes entra com a obrigação de colocar a bola no chão e fazer o Palmeiras jogar melhor. 

Em busca de maior movimentação no ataque, Vinícius será outra novidade. Ele entra no lugar de Ananias para ser mais uma opção pela direita e que pode ainda entrar na área. Assim, o Palmeiras terá uma formação mais ofensiva, em busca da vitória em Bragança Paulista.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias