O HEXA VEM?

Confira as previsões para a Copa do Mundo 2018

Entre palpites, tendências e previsões, há quem recorra às divindades e aos astros para conseguir descolar uma pontinha dos futuros resultados da Copa

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo
Publicado em 03/06/2018 às 8:00
Foto: Léo Motta/JC Imagem
FOTO: Foto: Léo Motta/JC Imagem
Leitura:

Estudar satélites, ler mãos, seguir a intuição e buscar ajuda “dos céus’’. A 11 dias do início da Copa do Mundo Rússia 2018, vale tudo para saber o que esperar das 32 seleções que disputarão a maior competição deste esporte bretão. Antes de começar a realizar apostas com os amigos, até uma consulta aos oráculos pode cair bem, certo? Entre palpites, tendências e previsões, há quem recorra às divindades e aos astros para conseguir descolar uma pontinha dos futuros resultados. Nós do JC fomos atrás dessas respostas com alguns especialistas no assunto. A má notícia é que todos apontam um longo caminho até ao sonhado hexa, mas depois dos fatídicos 7x1 contra a Alemanha, em 2014, é natural haver uma desconfiança com o Brasil, agora sob a batuta de Tite.

Dentre todas as respostas dadas a nós, o posicionamento unânime foi referente, também, às circunstâncias para se chegar ao maior objetivo do brasileiro neste período de Copa: a sexta taça. O resultado que fica a desejar é reflexo da “nuvem negra” que ronda o País em todos os âmbitos - seja político, econômico ou até mesmo social com os crescentes números de violência.

Para Pai Carlos, o Brasil já é “caso perdido” antes mesmo de o evento começar - e nem adianta insistir! “Não tem ebó (ritual de limpeza, sacrifício dedicado a um orixá) e não há nada que faça o Brasil chegar às oitavas de finais e, muito menos, ganhar essa Copa”, assegura o babalorixá, que viu nos búzios o fracasso da Seleção Brasileira.

Já o Pai Thiago de Oxum, também com búzios, constatou que o Brasil dependerá de uma grande e difícil disputa de semifinal como prerrogativa de se tornar campeão, mas chega às quartas com certeza. “Vejo um sim condicional. Se ganhar nas quartas e ir para a final, certamente será campeão. Caso contrário, nada feito”, explica. Ou seja, é chegar nas semifinais, independente contra quem for, e já assistir ao jogo sabendo que ida à decisão é certa, segundo sua previsão.

Para não ficarmos apenas no campo dos búzios, também consultamos o astrólogo Bruno de Araújo. Ao ar livre, ele consultou o mapa da Copa do Mundo deste ano. Baseado nas posições dos planetas, signos e sistemas de casas, ele arrisca as tendências, já que, para ele, “a sociedade é complexa e não tem como dar uma precisão exata dos acontecimentos”. Assim como as pessoas, eventos também têm mapa astral. Como terá sede na Rússia, com início oficial às 18h horário de Moscou (12h, em Brasília), do dia 14 de junho, no embate entre os soviéticos e a Arábia Saudita, no estádio Olímpico Lujniki, o ascendente será escorpião. Além disso, o planeta Saturno estará retrógrado: mais um ponto negativo para o Brasil. “Não aposto na Seleção Brasileira; os planetas estão a favor de países jupiterianos e marcianos, como a Alemanha, que tem forte relação com Marte em aquário. O Brasil não entra nessa escala”, explicou.

Foto: Léo Motta/JC Imagem
Vamos ganhar a Copa do Mundo? A má notícia é que todos apontam um longo caminho até ao sonhado hexa - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Resultado que fica a desejar é reflexo da “nuvem negra” que ronda o País em todos os âmbitos - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Para Pai Carlos, o Brasil já é “caso perdido” antes mesmo de o evento começar - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Baseado nas posições dos planetas, signos e sistemas de casas, o astrólogo Bruno vê as tendências - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Assim como as pessoas, eventos também têm mapa astral. O ascendente desta Copa é escorpião - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
A Espanha é a indicação de Pai Thiago de Oxum para levantar a taça de campeão - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: Léo Motta/JC Imagem
Pai Thiago de Oxum defendeu que as seleções brasileira e portuguesa não serão vítimas de atentado - Foto: Léo Motta/JC Imagem
Foto: AFP
"O que vejo o Brasil conquistar, não vejo para a Argentina", alerta Pai Thiago de Oxum - Foto: AFP
Foto: AFP
“Só quero jogar e ser campeão”, declarou Neymar - Foto: AFP
Foto: AFP
O astrólogo acredita que esta Copa poderá ter resultados surpreendentes e aposta em novos jogadores - Foto: AFP
Foto: AFP
"O hexa vem, está aí já”, brincou o camisa 10 - Foto: AFP
Foto: AFP
Pai Carlos acredita que Tite é o único que tem um pouco de energia, mas terá problemas de saúde - Foto: AFP
Foto: AFP
Pai Thiago de Oxum acredita que Cristiano Ronaldo terá problemas de saúde mental - Foto: AFP
Foto: AFP
“Os reflexos dos conflitos serão claros no campo", aponta o astrólogo Bruno - Foto: AFP
Foto: AFP
Para Pai Thiago de Oxum, Seleção não poderá contar com Neymar e precisa de um plano B - Foto: AFP

A ESCALAÇÃO

Dentro do cenário no qual uma das maiores apostas dos brasileiros se encontra, a premissa “sou brasileiro e não desisto nunca” faz ainda mais sentido. Como já não bastasse a preocupação por conta da recuperação da cirurgia no pé direito de Neymar, consequência de uma fissura (quando há fratura incompleta) no quinto metatarso do pé direito, em jogo do Campeonato Francês, as previsões também não vão de encontro ao sonho do jogador. Esta é a segunda vez que o atacante terá oportunidade de tentar trazer o hexa para o Brasil. No céu, Júpiter estará fazendo quadratura - ângulo de tensão - com Marte, conhecido por ser o planeta dos atletas. “Os reflexos dessa quadratura serão claros no campo. Teremos atletas e juízes mais tensos. Conflitos determinantes dentro e fora do campo”, diz Bruno. Nem Tite ficou de fora. Pai Carlos acredita que o gaúcho é o único que tem um pouco de energia, mas terá problemas no sistema nervoso.

POSSIBILIDADE DE ATENTADO

Como se já não bastasse tanta negatividade em volta do sonho do hexa, outra avaliação unânime também remete a tempos sombrios - e para todos. Os dois pais de santo e o astrólogo defendem fortemente a possibilidade de um atentado entre os 32 dias de disputa da Copa do Mundo. O alvo, asseguram eles, será uma das 32 seleções presentes no evento. Pai Carlos aponta o Brasil como vítima da violência, mas deixa claro que não chegará à torcida. Já Pai Thiago de Oxum, baseado nos búzios, defendeu que as seleções brasileira e portuguesa não serão atingidas. Os planetas também atemorizam. “Saturno e Plutão estão em Capricórnio. São planetas sociais e, por isso, é possível que o atentado esteja ligado a fatores além da Copa, como a situação geopolítica dos países.  O cenário é de grande tensão”, conclui o astrólogo Bruno Araújo.

QUEM SAIRÁ VENCEDOR?

Agora, depois de tantas previsões, se o prestígio não será brasileiro, é hora de fazer novas apostas. Pai Carlos recorre a uma opção não tão imprevisível, tendo em vista os últimos resultados em campo. Para o babalorixá, a taça será, pela segunda edição consecutiva, do nosso mais novo algoz. “Toda energia está direcionada para a Alemanha. Outro nome forte para disputar a final é a Holanda”, opinou, sem lembrar que os Países Baixos sequer conseguiram se classificar à Copa da Rússia.

Ainda no continente europeu, a Espanha é a indicação de Pai Thiago de Oxum para levantar a taça de campeão: “Pude perceber que, apesar de não serem os potenciais vencedores, Alemanha e França terão bons resultados, mas reitero a predileção da Espanha como a possível campeã.” Bruno segue a mesma linha. “Aposto que Alemanha é, novamente, a vencedora, disputando ou com Rússia ou com Espanha a final. Por outro lado, como o mapa está com uma configuração inusitada, pode ser um país que nunca foi campeão conquiste o título desta vez”, aponta.

NA MIRA DOS CRAQUES

Pelo visto, as surpresas negativas pairam em toda a América do Sul. Quanto aos ‘hermanos’ argentinos, a expectativa é que o time não chegue nem à semifinal. “O que vejo o Brasil conquistar, não vejo para a Argentina. Eles vão cair muito e terão muita dificuldade nos jogos”, adianta Pai Thiago de Oxum. Messi, com alto nível de expectativa entre as torcidas, parece estar escalado no time dos que terão grandes frustrações. “Sozinho, Messi não vai conquistar a Copa do Mundo”, afirmou Claudio Tapia, presidente da Associação do Futebol Argentino, em entrevista à imprensa local. Posicionamento bem similar ao do babalorixá, que vê a responsabilidade em cima do jogador como ponto negativo para seu baixo rendimento dentro das quatro linhas. “Vejo muito peso nas costas dele (Messi), como se tivesse levando a seleção nas costas. Não que os outros jogadores não sejam bons, mas há uma sobrecarga nele”, afirma Pai Thiago.

Seguindo a mesma linha do rendimento dos craques da Copa, Cristiano Ronaldo não ficou de fora das nossas projeções. Ainda que tenha uma boa atuação no campo, o “gajo” poderá titubear por questões de saúde. “Vejo Cristiano Ronaldo enfrentando um problema que não tem nada a ver com o futebol. É relacionado à saúde do atleta, de ordem mental. Pode não influenciar na técnica por questões de disciplina, foco e profissionalismo, mas ele não está 100%”, crava Pai Thiago de Oxum.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias