Atacante

Em evolução, Neymar joga todos os minutos e é o mais veloz do Brasil

Jogador ainda foi o segundo que mais percorreu distância na seleção

Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 29/06/2018 às 11:01
Foto: AFP
FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Tratado com cuidados especiais na seleção brasileira devido ao retorno recente de lesão, foi operado da fratura do pé direito em fevereiro, o atacante Neymar correspondeu bem no aspecto físico na primeira fase da Copa do Mundo. É o que aponta as estatísticas oficiais da Fifa sobre a primeira etapa da competição de seleções.

O camisa 10, por exemplo, jogou todos os minutos dos jogos do Brasil na primeira fase, contra Suíça, Costa Rica e Sérvia. Ao todo, foram 293 minutos. Ao lado dele, somente o goleiro Alisson e os zagueiros Miranda e Thiago que, assim como Neymar, não foram substituídos nenhuma vez.

A presença do atacante em todos os minutos chega a ser uma surpresa já que antes da Copa do Mundo, a comissão técnica brasileira dava indícios de que o jogador não estava no seu auge físico, podendo inclusive ser poupado em algumas situações. Algo que não ocorreu, mesmo com o técnico Tite enfatizando que ele estava em evolução.

Mas não é só a minutagem em campo que supera as expectativas. No gramado, ele também se destacou em aspectos físicos, como velocidade e distância percorrida. Foi o segundo no Brasil em quilometragem completada - fez 28 km, perdendo apenas para o meia Philippe Coutinho, que fez 31,8 km. Além disso, teve a maior velocidade da seleção registrada para um atleta. Atingiu o máximo de 32 km/h. Para efeito de comparação, o mais rápido da Copa é o português Cristiano Ronaldo, com 34 km/h.

Foto: AFP
Seleção brasileira faz aquecimento para a partida contra a Sérvia - Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
Torcedores brasileiros festejam à espera da partida contra a Sérvia - Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
Brasil vence Sérvia no último enfrentamento da fase de grupos - Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
Brasil vence Sérvia no último enfrentamento da fase de grupos - Foto: AFP
Foto: AFP
Thiago Silva faz o segundo gol no jogo da Seleção contra a Sérvia - Foto: AFP
Foto: AFP
- Foto: AFP
Foto: AFP
Marcelo sai da partida no primeiro tempo com dor na lombar - Foto: AFP

AUGE NA SEGUNDA FASE

Com números considerados positivos, a expectativa agora fica por conta do desempenho de Neymar na segunda fase do Mundial da Rússia. Segundo o técnico Tite, o atleta deve atingir o auge justamente agora, no mata-mata.

"É preciso um mínimo de cinco jogos para o ser humano estar na sua plenitude. Ele acelerou demais esse processo e vai estar nesse processo evolutivo também", comentou Tite ainda na primeira fase da Copa. Somando os amistosos, Neymar já fez cinco partidas (amistosos contra Croácia e Áustria e duelos diante de Suíça, Costa Rica e Sérvia na primeira fase do Mundial).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias