Clássico das Multidões

Tricolores greiam e rubro-negros ainda acreditam

Após a primeira partida da final, os corais já se acham campeões, mas os rubro-negros mantêm a fé

Miguel Rios
Miguel Rios
Publicado em 09/05/2011 às 21:41
Foto: Guga Matos/JC Imagem
FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

Um giro pelo centro do Recife, nesta segunda-feira, dava a total certeza do êxtase em que se encontra o torcedor do Santa Cruz. Os corais vestiram com orgulho a camisa do clube, que no domingo passado bateu Sport por 2x0 e está muito perto de ser campeão pernambucano.

E o passatempo principal dos tricolores foi tirar onda com os rubro-negros. “Eles não queriam ser hexa? Pois já são: levaram seis gols do Santa Cruz. E domingo tem mais”, disse Gilberto Pereira da Silva, 37 anos, lembrando que o Santa venceu o rival três vezes por 2x0.

Mas os leoninos não deixaram barato. Ao mesmo tempo em que reconheceram a superioridade dos corais no último domingo, muitos ainda creem em uma reviravolta. “Por que não acreditar? Se o time fosse ruim, aí tudo bem, diria que não dá. Mas o time do Sport é bom. Vai ser 2x0 e vamos ganhar o título nos pênaltis”, profetizou José Pedro da Silva, 59 anos.

No Twitter, após o jogo, muitos torcedores do Sport ainda passavam o sentimento de esperança na conquista do hexacampeonato. Tanto que a hashtag #euacreditonosport se tornou um dos mais populares, alcançando o topo dos trend topics Brasil.

A torcida coral também aproveitou a web para mostrar que a confiança na conquista do título cresceu ainda mais. Os tópicos no Twitter #santacampeão, #vamosanta e #santacruzestamoscomvocê refletiam o sentimento de orgulho.

A grande probabilidade da quebra do jejum de títulos já agita a torcida tricolor. O pessoal que trabalha no mercado de São José já organiza, à base do boca a boca, um churrasco para comemorar a conquista. “Na próxima segunda-feira (16/5), por volta das 11h, vamos fazer um churrasco na frente do mercado. Está todo mundo convidado”, enfatizou Vinícius Barbosa, 26 anos.

Nessa hora não podiam faltar piadas dizendo que a carne seria do boi do Sport – em março, o Leão ofereceu um animal ao babalorixá Pai Carlos, quitando a dívida com o orixá Exu pela ajuda na campanha da Copa do Brasil de 2008.

Leia mais na edição desta terça-feira (10/5) do JC.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias