Arbitragem

Cláudio Mercante é ameaçado de morte pelo Facebook

Árbitro foi ameaçado de morte pela rede social e abriu investigação contra torcedor

Miguel Rios
Miguel Rios
Publicado em 10/05/2011 às 13:59
Leitura:

O árbitro Cláudio Mercante entregou ao chefe da Policia Civil, Manoel Carneiro, na Secretaria de Defesa Social (SDS), nesta terça-feira à tarde, uma representação contra um torcedor que fez ameaças de morte através do Facebook. O juiz estava acompanhado do advogado da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.

Mercante não pediu garantia de vida. O processo de investigação vai acontecer na Delegacia de Rio Doce, em Olinda, onde o juiz e o torcedor (de nome não revelado) serão chamados para depor.

"Estou me sentindo muito mal. Dentro de campo sou um árbitro, mas fora dele sou um cidadão comum, que trabalha e tem família. É muito ruim ter medo de sair na rua", declarou Mercante.

A ameaça surgiu após o Clássico das Multidões do último domingo (8/5). No início do jogo, o árbitro deixou de expulsar o zagueiro tricolor Thiago Matias e revoltou os rubro-negros.

O árbitro recebeu constantes ameaças e xingamentos através da internet e chegou a deletar seu perfil no Facebook.

Confira o Vídeo:

Leia mais no JC desta quarta-feira.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias