SÉRIE A

Leão diz que São Paulo ainda está na briga pelo título

Em preparação para o duelo contra p Bahia, Leão comandou nesta terça (1°) um treino técnico, de finalizações, de duas horas de duração

Fábio Jardelino
Fábio Jardelino
Publicado em 01/11/2011 às 14:19
Leitura:

Apesar da 7ª colocação e dos oito pontos de diferença para o líder Corinthians, o técnico Leão afirmou nesta terça-feira (1°) que o São Paulo ainda está na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

"Eu brigo pelo título. Se não conseguir o título, o time estará numa condição direta de ir para a Libertadores. A torcida pode esperar dedicação com alegria do São Paulo nesta reta final do Brasileiro", afirmou o treinador, a seis rodadas do fim do campeonato.

De olho nos primeiros colocados, Leão projeta uma vitória sobre o Bahia, sábado (05), no Pituaçu. "Vencer o Bahia passa pela briga do título. Nosso time precisa de pontos. Espero que tenha uma melhora diante do Bahia. Eles vão atacar, o que é bom, pois fica aberto, franco, e o melhor pode levar vantagem", afirmou o técnico.

Em preparação para este duelo, Leão comandou nesta terça (1°) um treino técnico, de finalizações, de duas horas de duração. Em uma tentativa de melhorar o clima no grupo, após dois tropeços seguidos, no Brasileirão e na Copa Sul-Americana, o técnico recém-chegado estipulou uma "punição" aos jogadores que erravam o alvo. Os atletas tinham que "pagar" dez polichinelos para cada finalização equivocada.

"É muito importante você terminar o treino com alegria. E foi isso que nós sentimos hoje. Às vezes faço um tímido ser mais notado no grupo, aí eu uso isso aí (polichinelo). Os mais inteligentes pagam menos", brincou o treinador. O grupo do São Paulo volta a treinar na manhã desta quarta-feira, novamente no CT da Barra Funda.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias