semifinal

Recém-chegadas do Pan, jogadoras do Vitória focam agora na Copa do Brasil

Jogo contra o Tricolor das Tabocas e o Rio Preto-SP será realizado às 21h do próximo sábado (5), no Estádio Carneirão

Emídia Felipe
Emídia Felipe
Publicado em 01/11/2011 às 20:28
Leitura:

É hora de olhar para frente. Depois do tombo diante do Canadá nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, o técnico da seleção brasileira feminina de futebol e do Acadêmica Vitória, Kleiton Lima, já tem um novo desafio com que se preocupar. O primeiro jogo da semifinal da Copa Brasil entre o Tricolor das Tabocas e o Rio Preto-SP será realizado às 21h do próximo sábado (5), no Estádio Carneirão. Além do treinador, também retornam do torneio continental as atacantes Ketlen e Thaisinha, a goleira Thaís Picarte e a meia Bia.

Desde o início da semana, treinador e atletas já trabalham com o grupo e garantem que a força de vontade será ainda maior depois da frustração no México. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra”, adianta a goleira Thais Picarte. Ela conta que, fisicamente, a volta para o Brasil interferiu um pouco – afinal de contas, uma viagem de quase 30h deixa qualquer pessoa cansada –, mas que o clima não é de desânimo entre as atletas.

Se depender do discurso da dupla de ataque do Vitória, o Rio Preto tem de se cuidar no sábado (5). Thaisinha e Ketlen voltaram do Pan do México com sede de gols. A primeira é a artilheira do Tricolor das Tabocas na Copa do Brasil, com sete gols, e foi a goleadora do Brasil em Guadalajara. Já a segunda entrou em alguns jogos, mas não conseguiu balançar as redes. Ela espera acabar com o jejum na semifinal contra as paulistas.

Com o ataque mais positivo da competição, com 18 gols, em cinco jogos, ao lado do Foz Cataratas-PR, time da goleira pernambucana Bárbara, o Vitória pretende fazer uma boa vantagem em casa para já deixar encaminhada a classificação. “Estou com sede gols. Espero que possa fazer no sábado e a gente possa conquistar a vitória”, afirmou Thaisinha, titular absoluta da seleção no Pan. A atacante, que começou no balé antes de ir para o futebol, fez três gols no último jogo do Tricolor das Tabocas na Copa do Brasil, contra o São Francisco-BA.

Já Ketlen, que não marca desde a final do Pernambucano, no dia 16 de julho, prometeu empenho para acabar com o jejum. “Voltei com fome de gols. A fase não está boa, mas vai melhorar a partir de sábado”, afirmou a atacante.

» Veja depoimentos de Thaisinha e Ketlen:

Leia mais no Jornal do Commercio desta quarta-feira (2).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias