Acidente

Ghiggia piora na UTI

Autor do gol que deu a vitória ao Uruguai na final da Copa de 1950, sofreu acidente de carro e não está bem

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 14/06/2012 às 20:47
Leitura:
MONTENVIDÉU - Vítima de um acidente de carro na última quarta-feira, a lenda do futebol uruguaio, Alcides Edgardo Ghiggia, teve seu estado de saúde agravado nas últimas horas desta quinta-feira. O autor do gol que calou o Maracanã na vitória de sua seleção, na final da Copa do Mundo de 1950, passou por uma cirurgia na perna durante o período da manhã e não resistiu bem aos cuidados recebidos posteriormente.

Embora estivesse lúcido na operação, Ghiggia preocupou os médicos ao apresentar condições de saúde debilitadas no restante do dia. O ex-jogador, de 85 anos, mobilizou milhares de fãs no Uruguai e ganhou o apoio de torcedores através de orações na porta do hospital e pelas redes sociais.

Ghiggia foi submetido a um coma induzido desde a sua entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital que foi internado. O uruguaio sofreu o acidente após bater em um caminhão com seu carro, sendo diagnosticado posteriormente com um traumatismo craniano e diversas fraturas pelo corpo.

O ex-jogador entrou para a história ao escapar da marcação brasileira pela ala direita do Maracanã e chutar mascado para vencer o goleiro Barbosa, decretando a vitória uruguaia por 2x1 na partida. O tento foi crucial para que a Celeste erguesse o seu segundo título mundial e marcasse aquela data na história do futebol com o nome de Maracanazo, em alusão ao silêncio que tomou o Rio de Janeiro após o término do confronto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias