Contratação

Corinthians confirma compra de Pato por 15 mi de euros

A transferência foi selada numa reunião nesta tarde, em São Paulo

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 03/01/2013 às 18:48
Foto: reprodução de internet
A transferência foi selada numa reunião nesta tarde, em São Paulo - Foto: reprodução de internet
Leitura:

O Corinthians confirmou nesta quinta-feira a contratação do atacante Alexandre Pato. O clube informou que pagou 15 milhões de euros ao Milan para ficar com 100% dos direitos econômicos do jogador. Mas cedeu ao atleta, em troca do pagamento de luvas, 40% do valor de uma possível venda, ficando assim com os 60% restantes.

Pato, que está em Milão, onde passou o Reveillón, já posou para fotos com a camisa corintiana. No site oficial, o Corinthians aproveita para promover a campanha publicitária "Epidemia Corinthiana", tratando Pato como "o mais novo locopositivo".

A transferência foi selada numa reunião nesta tarde, em São Paulo. Pato assinará contrato de quatro anos. O jogador de 23 anos, que usará a camisa 7, receberá salário fixo no mesmo patamar de jogadores como Emerson Sheik e Paulinho, por volta de R$ 400 mil por mês.

Mas Pato terá um extra de acordo com contratos publicitários que ele e o clube farão. Dessa maneira, o jogador poderia tentar equipar seu salário no Corinthians com o que recebia no Milan, por volta de R$ 900 mil.

Segundo o empresário do jogador, Gilmar Veloz, Pato tinha propostas de outros clubes, mas preferiu voltar a jogar no Brasil e escolheu o Corinthians.

O atacante, que diz que está recuperado da série de lesões musculares que sofreu, sonha enfim emplacar uma sequência de jogos e voltar à seleção brasileira. Na temporada passada, ele fez somente 18 jogos pelo Milan, marcando quatro gols, de acordo com o site oficial do clube italiano. Nesta temporada foram sete partidas e apenas dois gols.

"A qualidade técnica do Pato é indiscutível. E em relação à parte física, nosso departamento médico já vem acompanhando o jogador faz tempo, não vimos nenhum tipo de problema. Hoje ele está bem", disse Duílio Monteiro Alves.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias