brasileirão

CBF divulga tabela da Série B. Santa estreia contra ABC-RN. Náutico encara Bragantino

A tabela foi divulgada na manhã desta sexta-feira (7) no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 07/02/2014 às 11:30
Leitura:

Após idas e vindas na justiça, não teve jeito para a Portuguesa. O clube foi incluído na tabela de jogos da Série B do Brasileirão 2014. A equipe paulista se junta aos pernambucanos Náutico e Santa Cruz e outros 17 times que vão competir em busca do acesso à 1ª Divisão. O primeiro jogo do Timbu está marcado para o dia 19 de abril, num confronto com o Bragantino, em São Paulo. Já o Santa pega o ABC de Natal no mesmo dia, no Arruda. A Lusa joga com o Joinville. A tabela foi divulgada na manhã desta sexta-feira (7) no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A TABELA DE JOGOS DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO 2014

Na tabela, os jogos vão de 19 de abril até 03 de junho, quando a competição paralisa para o início da Copa do Mundo 2014. Os clubes só retomam o Brasileirão mais de um mês depois, no dia 15 de julho. O término da Segunda Divisão está marcado para o dia 29 de novembro.

Na segunda rodada, o Santa já enfrenta a Portuguesa, em São Paulo, no dia 26 de abril. O Náutico encara o Vila Nova na Arena Pernambuco. Mesmo que os clubes recifenses cheguem às etapas finais do Campeonato Pernambucano, as datas não chegam a chocar. O intervalo entre uma competição e outra é de 13 dias, podendo dilatar esse período, caso haja eliminação. Pode, ainda, cair de pára-quedas a Copa do Brasil entre um campeonato e outro.

PORTUGUESA - A Portuguesa teve quatro liminares cassadas pela CBF e foi oficialmente rebaixada à Série B. O Fluminense, que foi o 17º colocado na Série A do Brasileirão 2013, seria rebaixado, mas devido ao desenrolar do caso da Lusa, acabou ficando na Primeirona. Portanto, os clubes rebaixados foram Portuguesa, Vasco, Ponte Preta e Náutico.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias