amistoso

Colômbia convoca 16 jogadores para amistoso em prol da Chapecoense

O jogo será realizado contra o Brasil na próxima semana e toda renda será revertida para a Chapecoense

JC Online
JC Online
Publicado em 17/01/2017 às 16:29
CBF
O jogo será realizado contra o Brasil na próxima semana e toda renda será revertida para a Chapecoense - FOTO: CBF
Leitura:

O técnico José Pékerman anunciou nesta terça-feira a lista de convocados para o amistoso entre Colômbia e Brasil, daqui a uma semana, no Engenhão, no Rio, em prol da Chapecoense. A relação conta com apenas 16 atletas, todos de clubes colombianos, sendo sete do Atlético Nacional, atual campeão da Libertadores.

O destaque entre os convocados é o atacante Miguel Borja, destaque na campanha da Libertadores, que está na mira do Palmeiras e do Grêmio. O jovem, de 23 anos, só jogou uma vez pela seleção colombiana, em novembro passado, pelas Eliminatórias.

Para parte dos convocados, a chance será a primeira na seleção colombiana. A maioria deles, porém, é reserva da equipe de Pékerman. A exceção é Macnelly Torres, veterano meia de 32 anos que tem jogado com regularidade nas Eliminatórias. Os colombianos que atuam no Brasil, como Copete, do Santos, e Mina, do Palmeiras, não foram convocados.

BRASIL

Pelo Brasil, o técnico Tite promete divulgar a lista de convocados na quinta-feira. Para preservar a pré-temporada dos clubes, a tendência é que os atletas só se apresentem na noite anterior ao amistoso e que a seleção não realize nenhum treino no Rio.

O amistoso, no Engenhão, vai ter a renda revertida para a Chapecoense e para as vítimas do acidente aéreo de novembro. Na ocasião, os laços entre Brasil e Colômbia se estreitaram. 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias