Futebol

Felipe Melo e Neto trocam farpas ao vivo em programa de TV

Volante chamou comentarista de ''bobão'', que responde: ''Ele é um jogador de comum para medíocre'

ALEXANDRE ARDITTI
ALEXANDRE ARDITTI
Publicado em 06/02/2017 às 7:23
Divulgação/Agência Palmeiras
Volante chamou comentarista de ''bobão'', que responde: ''Ele é um jogador de comum para medíocre' - FOTO: Divulgação/Agência Palmeiras
Leitura:

Depois da vitória do Palmeiras por 1x0 sobre o Botafogo-SP, neste domingo (5), na estreia do Paulistão, o volante Felipe Melo fez duras críticas ao comentarista Neto, do canal Band, em entrevista ao vivo na própria emissora. O palmeirense chegou a chamar o ex-corintiano de “bobão’.

“Vocês querem criar muita polêmica, principalmente vocês da Band. Neto gosta de falar muita besteira. Neto, você é um bobão. Quando falei de dar tapa na cara, fui muito claro. Muller fica falando muita bobagem também. Já me desculpei com todo mundo. Quis dizer que o Palmeiras não vai se acovardar com ninguém”, afirmou Felipe Melo. “Neto, continue fazendo seu trabalho e me deixa vivendo minha vida e fazendo o meu. Uma vez me disseram que ele desperdiçou chance quando era jogador de futebol e está fazendo a mesma coisa agora como comentarista”, completou.

Presente na bancada do programa Terceiro Tempo, Neto evitou polemizar com Felipe Melo. “Não quero dar resposta, até porque sou bobão mesmo. Mas agradeço a audiência, sinal que ele assiste o Donos da Bola (nome de seu programa diário na Band). Continuo fazendo meu trabalho e falando aquilo que eu penso”, disse o agora comentarista.

Neto, no entanto, aproveitou a oportunidade para contestar a qualidade técnica do volante. “Ele joga no Palmeiras, em um grande clube, já pediu desculpas sobre o que disse? Parabéns. Mas para mim é um jogador comum para medíocre, é a minha opinião. Sou bobão demais, ainda mais agora com a minha mulher grávida”, finalizou Neto.


O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias