ACORDO

Juninho Pernambucano está perto de ser anunciado diretor esportivo do Lyon

Atleta de Pernambuco vestiu a camisa do Lyon por oito temporadas de sucesso, conquistando sete títulos seguidos

AFP
AFP
Publicado em 30/06/2017 às 12:07
Foto: Divulgação
Atleta de Pernambuco vestiu a camisa do Lyon por oito temporadas de sucesso, conquistando sete títulos seguidos - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, garantiu nesta sexta-feira (30) em entrevista à AFP que o ex-jogador Juninho Pernambucano está perto de voltar ao clube como diretor esportivo.

"Tenho muitas esperanças depositadas em que Juninho venha. Temos conversado com ele durante um mês. Não estamos longe de um acordo. Pelo menos é isso que espero", explicou o dirigente, há 30 anos no Lyon.

Juninho, 42 anos, vestiu a camisa do Lyon por oito temporadas de sucesso, conquistando sete títulos seguidos do Campeonato Francês, entre 2002 e 2008.

"Estamos fazendo todo o possível para convencê-lo. É um homem de talento e está estudando nossa proposta. Agora trabalhamos em fechar uma série de elementos que devem permitir chegar a um acordo com ele nos próximos dias", continuou Aulas.

Fama

Meia famoso pela precisão nas cobranças de falta, Juninho anotou 100 gols em 340 jogos pelo Lyon. Deixou o clube francês em 2009 para jogar no Al Gharafa, do Catar, antes de voltar ao Vasco, clube que o projetou no cenário brasileiro. Após breve passagem pelo Red Bulls, de Nova York, pendurou as chuteiras em 2014.

Com a seleção brasileira, Juninho jogou 40 partidas e disputou a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006. Atualmente, trabalha como comentarista para a Rede Globo.

"Ele deixou seu coração no Lyon, onde os torcedores o adoram. Sua chegada seria um cenário perfeito tanto para ele como para o clube. Acredito que ele quer isso e sua esposa também", afirmou Aulas.

"Se vier, será para ganhar e recolocar o Lyon no topo", concluiu.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias