Campeonato Pernambucano

Em seu primeiro jogo na Arena, América tenta surpreender o Náutico

Clube apostou em jogadores formados na própria base e em atletas experientes como o volante Bia, ex-Sport

Heitor Nery
Heitor Nery
Publicado em 19/01/2018 às 8:04
JC Imagem
Clube apostou em jogadores formados na própria base e em atletas experientes como o volante Bia, ex-Sport - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Única equipe fora do trio de ferro do Recife com um título estadual entre as que disputam o Pernambucano de 2018, o América quer começar o torneio surpreendendo o Náutico. Para isso, o clube apostou em jogadores formados em sua própria base e que conquistaram bons resultados no sub-20 em 2017, como o vice-campeonato do Pernambucano da categoria. Para dar mais rodagem ao time, o Mequinha trouxe jogadores com experiência na disputa do Estadual, como o volante Bia, ex-Sport.

Segundo o técnico do América, Roberto de Jesus, o clube espera utilizar o longo tempo de pré-temporada para conquistar um bom resultado. "Nós fizemos um tempo hábil para uma pré-temporada de qualidade. Nos apresentamos no dia 15 de dezembro. Nos preparamos durante esse período para fazer um bom campeonato. A gente sabe da tradição do Náutico, mas queremos fazer boa partida e tentar tomar conta das ações", afirmou o treinador, que possui no currículo a conquista do Campeonato Pernambucano do ano de 2005 como jogador, quando defendia as cores do Santa Cruz.

Partida será a primeira do América na Arena

Conhecido como “Clássico da Técnica e da Disciplina”, o duelo contra o Náutico também reserva uma ocasião especial para o alviverde. Será a primeira vez que o América irá disputar uma partida na Arena de Pernambuco. Para o treinador, no entanto, a questão do estádio não irá afetar tanto no jogo. "A gente precisa conter essa ansiedade dos jogadores para fazer um bom jogo. Mas acredito que isso não irá fazer muita diferença", declarou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias