Fratura

Com tornozelo enfaixado, Neymar passará por exames nesta segunda

Os primeiros exames descartaram fratura, mas ainda nesta manhã, o jogador será submetido a uma nova averiguação que vai detectar a gravidade da lesão

Maria Eduarda Bravo
Maria Eduarda Bravo
Publicado em 26/02/2018 às 8:18
Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
FOTO: Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
Leitura:

Após o atacante do PSG e da seleção brasileira deixar o estádio na partida contra o Olympique de Marseille no último domingo (25), Neymar postou uma foto no Instagram Stories, na manhã desta segunda-feira (26), do seu tornozelo direito enfaixado. Os primeiros exames descartaram fratura, mas ainda nesta manhã, o jogador será submetido a uma nova averiguação que vai detectar a gravidade da lesão.

Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
- Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
- Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
- Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
- Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP

Ainda no vestiário, Neymar iniciou imediatamente tratamento com gelo sobre o tornozelo, que estava muito inchado. Os médicos do clube fizeram uma avaliação e, a princípio, estão confiantes de que se trata apenas de uma entorse e que é menor o risco de rompimento dos ligamentos.

 

“Se eu tivesse que me pronunciar sobre o jogo do Real esta noite (ontem), eu diria que Neymar pode estar presente. Os primeiros exames no vestiário dizem ser uma entorse. Outros exames serão feitos para termos mais precisão. Nós estamos otimistas”, declarou o técnico Unai Emery.

Fratura

 

  

No clássico do domingo (25/2) entre PSG e Olympique de Marseille, ao disputar uma bola no meio-campo, Neymar torceu o tornozelo direito sozinho, caiu no chão com forte expressão de dor. Ele foi retirado do campo, chorando, sobre uma maca, aos 33 minutos do segundo tempo. O craque da seleção brasileira deixou o estádio e foi direto para um hospital de Paris.

Seleção

A lesão de Neymar não causou apreensão apenas ao Paris Saint-Germain. O técnico Tite deve estar acompanhando à distância as notícias sobre o craque e torcendo que as previsões dos médicos franceses se realizem. Na próxima sexta-feira, Tite divulgará a lista de convocados da seleção brasileira para dois importantes amistosos de preparação para a Copa do Mundo, contra a Rússia e a Alemanha, nos dias 23 e 27 de março.

A presença de Neymar não é apenas fundamental por sua qualidade técnica, mas também porque nesses jogos ele pretende testar alternativas táticas na equipe, visando a dar ao time mais recursos táticos para vencer o jogo defensivo de adversários no Mundial.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias