PRISÕES

Cinco torcedores são presos por confusão nos arredores do Arruda

Todos os cinco detidos serão encaminhados para o COTEL ainda nesta segunda-feira

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 09/07/2018 às 18:45
Foto: recebida através do comuniq
Todos os cinco detidos serão encaminhados para o COTEL ainda nesta segunda-feira - FOTO: Foto: recebida através do comuniq
Leitura:

A Polícia Militar conseguiu deter cinco torcedores suspeitos de estarem praticando roubos e se envolvendo em confusões nos arredores do Arruda, antes do duelo entre Santa Cruz e Remo, pela Série C, no último domingo (08/07). Todos foram encaminhados para audiência de custódia nesta segunda-feira e tiveram a prisão preventiva decretada pelo juiz Luiz Carlos Vieira. Os acusados serão encaminhados para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (COTEL) ainda nesta noite.

Os cinco autuados são: Kelvem Pontes de Medeiros, Lucas Matos de Almeida, Anderson Luiz Martins da Silva, Rodolfo Rodrigo Gomes Bacelar e Tarcisio Marques de Oliveira. Todos confirmaram terem ou já terem tido ligação com a Torcida Jovem do Sport (TJS), coligada à torcida Remoçada, do Remo. Vale lembrar que estes não estavam envolvidos na confusão registrada na Avenida Cônego Barata, próxima ao estádio, filmada e que viralizou nas redes sociais.

RELAÇÃO COM A ORGANIZADA DO SPORT

Os suspeitos são acusados de terem agredido e roubado o celular de outro torcedor. Não foi arbitrada fiança para os rubro-negros. Um deles, inclusive, possui uma tatuagem com o escudo da TJS em um dos braços.

A partida entre Santa Cruz e Remo, pela 13ª rodada da Série C, foi marcada pelos vários registros de confusão nos arredores do estádio do Arruda. Um desses tumultos foi registrado pelo morador de um prédio na Avenida Cônego Barata. Nas imagens, diversos torcedores tricolores agridem outro.

Últimas notícias