Torneio

Após aplicar goleada, Uruguai já treina de olho no Japão

Seleção de Cavani e Suárez venceu o Equador por 4x0 na estreia pelo Grupo C da Copa América

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 17/06/2019 às 13:34
Conmebol/Reprodução
Seleção de Cavani e Suárez venceu o Equador por 4x0 na estreia pelo Grupo C da Copa América - FOTO: Conmebol/Reprodução
Leitura:

Poucas horas depois de golear o Equador por 4 a 0, na noite de domingo, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, na estreia pela Copa América, a seleção do Uruguai voltou aos treinamentos na manhã desta segunda-feira já pensando na partida contra o Japão, que será na quinta. Em um clima descontraído, com direito a risos e piadas, os jogadores trabalharam na Cidade do Galo, o CT do Atlético-MG, em Vespasiano, na região metropolitana da capital mineira.

CONFIRA O ESPECIAL JC SOBRE A COPA AMÉRICA 2019

Como é praxe no futebol, os jogadores que começaram a partida contra o Equador ficaram no ginásio do centro de treinamentos para realizarem trabalhos regenerativos. Eles tiveram a companhia dos três goleiros e dos reservas nos primeiros 30 minutos de atividade. Na sequência, os auxiliares do técnico Óscar Tabárez comandaram um treino no campo para quem pouco ou nada jogou no domingo.

Quem não apareceu no ginásio ou no campo foi o meia Matías Vecino, que realizou exames médicos na manhã desta segunda-feira O jogador da Internazionale sentiu fortes dores musculares no final da partida contra o Equador e foi substituído aos 35 minutos do segundo tempo por Federico Valverde. "O caso de Vecino me preocupa", afirmou Tabárez na entrevista coletiva após a goleada na estreia.

PROGRAMAÇÃO

A partida contra o Japão, nesta quinta-feira, às 20 horas (de Brasília), acontecerá na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Grupo C. A delegação uruguaia viajará nesta segunda à tarde para a capital gaúcha e treinará pela primeira vez na cidade nesta terça.

Depois de encarar os japoneses, o Uruguai encerrará a fase de grupos contra o Chile, na próxima segunda-feira, às 20 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias