SELEÇÃO BRASILEIRA

CBF confirma Juninho Paulista como novo coordenador de seleções

Juninho assume o cargo após saída de Edu Gaspar, que vai trabalhar no Arsenal

JC Online JC Online
JC Online
JC Online
Publicado em 08/07/2019 às 19:49
Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Juninho assume o cargo após saída de Edu Gaspar, que vai trabalhar no Arsenal - FOTO: Foto: Lucas Figueiredo / CBF
Leitura:

Juninho Paulista é o novo coordenador de seleções da CBF. A informação foi confirmada pela entidade no início da noite desta segunda-feira em seu site oficial. Até então, o pentacampeão mundial como jogador exercia o cargo de diretor de desenvolvimento do futebol na CBF desde abril deste ano.

Juninho assume o posto após a saída de Edu Gaspar, que chegou à seleção junto ao técnico Tite e vai trabalhar no Arsenal, da Inglaterra, onde vestiu a camisa do clube enquanto atleta. Inclusive, a saída de Edu da CBF alimentou rumores sobre uma possível despedida do próprio técnico Tite do cargo. O treinador, no entanto, garantiu sequência no comando até o fim do contrato.

CURRÍCULO

Hoje com 46 anos, Oswaldo Giroldo Júnior, ganhou o apelido de Juninho Paulista enquanto jogador. Pela seleção brasileira, conquistou a Copa do Mundo de 2002 e a Copa das Confederações de 1997. Formado nas categorias de base do Ituano, despontou pelo São Paulo em 1993 e chegou a jogar ainda por Middlesbrough na Inglaterra, Atlético de Madrid na Espanha, Celtic na Escócia e Sydney na Austrália. No Brasil, jogou ainda por Vasco, Flamengo e Palmeiras, encerrando a carreira de atleta no Ituano em 2010, onde assumiu a função de gestor do clube - porém não como presidente, segundo esclareceu a assessoria.

À frente do Ituano por cerca de dez anos, Juninho ajudou a conquistar o título do Campeonato Paulista em 2014 e a disputar as oitavas de final da Copa do Brasil no ano seguinte. Em abril deste ano, assumiu lugar no Conselho de Craques e a Diretoria de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro da CBF, a convite do presidente da entidade, Rogério Caboclo, que o descreveu como "exemplo de seriedade e profissionalismo" à época.

Últimas notícias