série a

Corinthians demite Carille após goleada e define estilo de novo treinador

Fábio Carille não resistiu ao placar por 4x1 diante do Flamengo. Corinthians ainda não definiu novo treinador, mas garante estilo mais ofensivo

JC Online
JC Online
Publicado em 04/11/2019 às 10:39
Notícia
Rodrigo Gazzanel/Divulgação
Fábio Carille não resistiu ao placar por 4x1 diante do Flamengo. Corinthians ainda não definiu novo treinador, mas garante estilo mais ofensivo - FOTO: Rodrigo Gazzanel/Divulgação
Leitura:

Fábio Carille deixou o comando do Corinthians após a goleada de 4x1 para o Flamengo em jogo disputado no Maracanã, no Rio de Janeiro. O treinador deixa o clube em sua segunda passagem, que teve início no começo desta temporada. Agora, o Timão procura um comandante com estilo de jogo mais ofensivo, algo que foge das estratégias do ex-treinador.

Neste ano, Carille acumulou 70 jogos, sendo 27 vitórias, 25 empates e 18 derrotas. No total, Carille tem pelo Corinthians 183 jogos, sendo 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas. O presidente Andres Sánchez deixou claro que Carille foi demitido e não entregou o cargo. "Nós tiramos. Foi uma conversa, toda conversa de demissão é triste, ainda mais de um treinador que tem história grande no Corinthians, mas tivemos de tomar essa decisão", disse o dirigente.

MULTA MILIONÁRIA

Carille tinha contrato com o Corinthians até dezembro do ano que vem e a multa para mandá-lo embora é de cerca de R$ 6 milhões. Andres admite a dívida, mas diz que depois vai resolver como pagá-la. "Como ele disse, se precisar vamos de Casas Bahia (pagar em prestação). O Corinthians tem suas dificuldades financeiras, mas não era uma multa que segurava", completou.

A tendência é que o Corinthians seja comandado na quarta-feira, contra o Fortaleza, pelo auxiliar Fabinho ou por Dyego Coelho. Os dois trabalhavam como auxiliares de Carille. Andres não quis adiantar quem irá dirigir o time na sequência da temporada. "Vamos atrás de um treinador, mas não dá para chegar essa semana Vamos atrás, mas vai sair bastante gente", avisou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias