europa

Cinco meses após deixar cargo, Luis Enrique reassume comando da seleção espanhola

Treinador Luis Enrique volta à seleção da Espanha após cinco meses. Nesse período, sua filha faleceu vítima de uma doença grave

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 19/11/2019 às 9:47
Notícia
Reprodução/Interter
Treinador Luis Enrique volta à seleção da Espanha após cinco meses. Nesse período, sua filha faleceu vítima de uma doença grave - FOTO: Reprodução/Interter
Leitura:

Exatos cinco meses após deixar o comando da seleção espanhola, posto do qual precisou sair por causa da grave doença que depois custou a vida de sua filha Xana, de 9 anos, Luis Enrique teve o seu retorno ao cargo oficialmente confirmado nesta terça-feira.

Ex-auxiliar do treinador, Robert Moreno vinha dirigindo a equipe nacional, que na última segunda encerrou a sua campanha no Grupo F das Eliminatórias da Eurocopa com uma goleada por 5 a 0 sobre a Romênia, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri.

Líder desta chave e garantida com folga na edição de 2020 do torneio continental, a Espanha fechou a sua participação no qualificatório de forma invicta, com oito vitórias e dois empates, além de 31 gols marcados e apenas seis sofridos.

RETORNO

Apesar do ótimo desempenho, o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Luis Rubiales, confirmou o retorno de Luis Enrique ao cargo e informou que o próprio Robert Moreno comunicou que o ex-comandante do Barcelona manifestou a ele o interesse de reassumir a direção técnica da seleção.

Depois de terem ciência deste desejo, Rubiales e o diretor esportivo da RFEF, José Francisco Molina, se reuniram com Luis Enrique e lhe ofereceram novamente o cargo. O presidente da entidade, inclusive, revelou que já estava prevista a volta do treinador, em compromisso verbal que foi tratado quando ele precisou se afastar do posto, no último dia 19 de junho, para ficar junto à família durante o complicado tratamento do grave problema de saúde de sua filha. A menina acabou falecendo no fim de agosto, vítima de um tipo de câncer ósseo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias