Crime

Jogadores do Corinthians têm nome usado para golpe

Pessoa não identificada se passa por representante dos atletas para pedir doações para jogo beneficente

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 29/12/2019 às 14:32
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Pessoa não identificada se passa por representante dos atletas para pedir doações para jogo beneficente - FOTO: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Leitura:

Um pessoa ainda não identificada tem utilizado os contatos de, pelo menos, dois jogadores do Corinthians para pedir doações a jogos beneficentes, assim como confirmar a presença dos contatados no suposto evento. Até o momento, foram citados pelos criminosos os nomes do meia-atacante Mateus Vital e do zagueiro Gil, ambos do Timão.

Por meios de número com DDD de São Paulo, o criminoso (a) procura as pessoas se passando por representante e assessor desses atletas. A intenção é confirmar a presença em jogo beneficente de fim de ano que arrecadaria dinheiro para instituições de caridade. Portanto, a ligação é uma espécie de falso pedido de doação de dinheiro.

Quando os contatos começaram, o Matheus Vidal inclusive usou as redes sociais para alertar as pessoas que ninguém estaria autorizado a usar o seu nome para pedir doações a qualquer evento ou jogo beneficente neste final de ano. 

COMEÇO

As tentativas de golpe com os nomes dos dois jogadores ocorreram entre os dias 15 e 18 deste mês e recomeçaram neste fim de semana. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias