romênia

Dono de time romeno reclama que jogadores fazem muito sexo

O excêntrico dono do Steaua Bucareste deu a declaração após empate em casa, no fim de semana

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 25/02/2020 às 21:50
Notícia
Foto: Divulgação/Steaua Bucareste
FOTO: Foto: Divulgação/Steaua Bucareste
Leitura:

São várias as formas de justificar o desempenho ruim de um time. Mas o dono do time romeno Steaua Bucareste encontrou um "culpado" extra-campo. Para Gigi Becali, a equipe vai mau porque os jogadores estão fazendo muito sexo. Atualmente, o time é apenas ao 4º colocado na Liga Romena, com 44 pontos, oito a menos que o líder Cluj.

"Os meus jogadores estão fazendo muito sexo com as suas namoradas e, por isso, não têm jogado tão bem. Se o Florinel Coman (jogador da equipe) tivesse descansado... mas ele andava fazendo outras coisas!", disse Becali, após o empate em 1x1, em casa, contra o Chindia Târgoviste, 11º colocado, no sábado (22), com o gol da igualdade marcado nos acréscimos do segundo tempo.

De acordo com o portal português Sapo Desporto, o dono do clube romeno acrescentou ainda que a diferença para o Cluj é justamente a abstinência do adversário. "Vejam o caso do Dan Petrescu (técnico do Cluj). Os seus jogadores só fazem sexo uma vez por semana. Só estão com as suas mulheres uma vez por semana", emendou.

A publicação acrescentou ainda que não é a primeira vez que Gigi Becali faz declarações polêmicas. Ele já chegou a dizer que o time não precisa de psicólogo, pois tem Deus. O romeno também já "prometeu" cortar a própria cabeça caso o Steaua sofresse gol do Vitória de Guimarães em casa, nas eliminatórias da Liga Europa. A aposta foi perdida, mas cabeça segue no lugar correto. Em seguida, pediu desculpas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias