pernambucano

Náutico vence e segue nas cabeças

Timbu bateu Porto com dois gols de Doriélton

Rafael Carvalheira
Rafael Carvalheira
Publicado em 07/03/2012 às 21:56
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
FOTO: Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Leitura:

 

Não foi um passeio, mas o Náutico deixou para trás o histórico de desfalques na temporada e, ontem, nos Aflitos, venceu com sobras o Porto, por 2x0. Os caruaruenses foram um adversário difícil, mas sucumbiram à qualidade dos alvirrubros no segundo tempo, etapa na qual foram marcados os gols de Dorielton e Siloé. Com o triunfo, o Náutico segue na terceira posição, com 32 pontos.

É fato que o torcedor ama um time para frente. E o Náutico, desfalcado, entrou com um 4-3-3, com Dorielton centralizado lá na frente e Siloé e Rodrigo Tiuí nas pontas. No meio, só dois volantes – Derley e Auremir –, com Philip na armação. Com um time quase todo mudado, no entanto, o desentrosamento foi visível. Meio e ataque estavam descompactados e o próprio Philip, que deveria armar, não sabia ao certo seu setor.

O Porto, com boa movimentação, principalmente com Jefferson Renan, aproveitava o vazio na meia-cancha dos alvirrubros. Nada de esperá-los. Claramente, o plano de jogo do Gavião era atacar com a bola nos pés. Já o Náutico levava vantagem nas cobranças de falta. Num dos cruzamentos de Jefferson, por pouco Siloé não abre o placar.
A partir dos 20, o Náutico intensificou as ações e o Porto recuou. Derley passou a aparecer no meio e, no “vamos que vamos”, tentou levar o time para a frente.

O Gavião, povoando bem os espaços, dificultava uma penetração mais efetiva dos alvirrubros. Aos 43, porém, Auremir fez jogada aguda, entrou na área e chutou. Sandro Miguel salvou na linha.
O Náutico voltou melhor na etapa final. Lá na frente, mesmo com a apatia do setor criativo – o volante Auremir era o melhor peça de criação –, a trinca de atacantes acordou e envolveu a zaga do Porto.

A impressão que dava era que os alvirrubros estavam perto de fazer o gol. E vieram logo dois, num intervalo de dois minutos. Aos 20, Dorielton recebeu de Siloé e, sem marcação, na área, chutou cruzando. Logo depois, numa jogada sensacional, Derley arrancou da defesa, deixou dois do Porto para trás no meio de campo e tirou o goleiro Romero, mas caiu. Siloé, que também estava caído, tocou para a rede.

O Porto sentiu o baque e os alvirrubros ganharam confiança. Nos contra-ataques, passaram a perder boas oportunidades. Mais por preciosismo do que outra coisa, afinal, o placar estava definido.

Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem
Náutico passa pelo Porto nos Aflitos e segue nas cabeças do Campeonato Pernambucano - Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias