Aflitos

Sistema defensivo preocupa os alvirrubros

Dono da pior defesa do Brasileiro, Náutico vai encarar o Fluminense, que possui um dos melhores ataques

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 27/06/2012 às 17:04
Leitura:

Uma das preocupações da equipe do Náutico para a partida do próximo sábado (30/6), nos Aflitos, contra o Fluminense é o setor defensivo. O Timbu, ao lado do Botafogo, tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro, com 13 gols. Por outro lado, o tricolor carioca possui o segundo melhor ataque da competição, com 12 gols, dois a menos que o Botafogo.

O zagueiro Ronaldo Alves reconhece que o setor defensivo alvirrubro está devendo na competição. Por sinal. o defensor deve ter um novo companheiro de zaga contra o Fluminense, já que Jean Rolt deve entrar na vaga de Márcio Rosário caso fique regularizado.

"Saber que temos uma das zagas mais vazadas da competição preocupa e deixa a gente chateado. Estamos procurando treinar cada vez mais para na hora do jogo esse tipo de erros não acontecer. Vamos enfrentar uma grande equipe, com jogadores de grande pontencial. Mas vamos atuar em casa, com o apoio do nosso torcedor e também temos um grupo qualificado. Vamos entrar em campo pensando nos três pontos", afirmou Ronaldo Alves.

Vale lembrar, no entanto, que dos 13 gols sofridos pelo Náutico no Brasileiro, apenas dois aconteceram nos Aflitos. "Conhecemos o nosso campo, o nosso gramado e temos o apoio da nossa torcida. Isso faz o diferencial ao nosso favor", pontuou.

Nesta quarta-feira (27), o técnico Alexandre Gallo realizou um treino fechado à imprensa, nos Aflitos. A grande dúvida é saber quem será o substituto do atacante Araújo, que não pode enfrentar o Fluminense por questão contratual (tem os direitos federativos presos ao clube carioca). O atacante Kim é o mais cotado para ficar com a vaga.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias