Náutico

Náutico embarca para Goiás indefinido

Os alvirrubros esperam, ainda, pela definição da inscrição de Kieza na CBF. Se ele estiver apto, joga contra o Atlético-GO, no lugar de Rhayner

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 05/07/2012 às 9:15
Foto: André Nery/Agência Náutico
Os alvirrubros esperam, ainda, pela definição da inscrição de Kieza na CBF. Se ele estiver apto, joga contra o Atlético-GO, no lugar de Rhayner - FOTO: Foto: André Nery/Agência Náutico
Leitura:

Após mais um treino secreto realizado nesta quinta-feira, pela manhã, o Náutico viajou com destino a Goiânia-GO, onde enfrenta o Atlético Goianiense, no Estádio Serra Dourada, às 21h deste sábado, pela Série A do Campeonato Brasileiro. O embarque para Goiás ocorrerá às 11h50.

O técnico Alexandre Gallo tem em mente qual time vai a campo, mas só revela pouco antes do confronto diante do Atlético. Na realidade, as formações vão depender das possibilidades de jogo de Araújo, machucado na coxa direita, e da inscrição de Kieza na competição. Até esta sexta-feira, a direção alvirrubra espera da confirmar a participação do atleta.

Caso Kieza esteja apto, ele deve formar a dupla de ataque do Alvirrubro com Araújo. Rhayner, que vinha jogando entre os titulares iria para o banco de reservas - assim como Kim, que perdeu muitas opções no confronto com o Fluminense. Derley não viajou com a delegação, por conta de uma entorse no tornozelo.

Por isso, os alvirrubros podem ir no esquema 3-5-2, com Jean Rolt fazendo a sua estreia, ao lado de Ronaldo Alves e Márcio Rosário.

"Treinamos algumas opções para termos os planos A e B, dependendo das necessidades. Mesmo se Jean entrar, o nosso time não vai perder muito a característica, pois as mudanças não vão ser tão bruscas", ponderou o técnico.

O provável time para enfrentar o Atlético é este: Felipe; Ronaldo Alves, Márcio Rosário e Jean Rolt, Alessandro, Elicarlos, Martinez, Souza e Lúcio; Araújo (Rhayner) e Kieza (Kim).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias