Náutico

Felipe continua no gol alvirrubro diante da Lusa

Mesmo errando muito no último jogo do Náutico, o goleiro continua tendo o apoio incondicional do técnico Alexandre Gallo

Marcelo Sá Barreto
Marcelo Sá Barreto
Publicado em 27/07/2012 às 16:51
Leitura:

A presença do goleiro Felipe no jogo contra a Portuguesa, neste domingo, em São Paulo, era uma incógnita entre torcedores e especialistas de futebol. Ele havia falhado grotescamente em pelo menos duas situações na partida contra o Coritiba, erros determinantes na derrota dos alvirrubros contra o Coritiba, em pleno Aflitos, na última quarta-feira. Para quem torcia pela ausência de Felipe e o retorno de Gideão, a frase a seguir tem tudo para irritar o mais tranquilo torcedor alvirrubro.

"Felipe vai jogar. É o titular. Gideão é um jogador que a gente conta muito com ele. Está em busca do seu melhor momento. Felipe salvou o Náutico nos jogos contra o Botafogo e contra o Grêmio. E isso não se esquece. Aconteceram as falhas, mas ele é experiente. Além disso, uma falha pode acontecer com qualquer um. Só temos de levar a situação com mais tranquilidade, que se trata ali de uma posição que merece uma atenção especial", declarou o técnico Alexandre Gallo.

Gideão volta a ter uma oportunidade de mostrar seu trabalho na rodada após esta próxima, marcada para o domingo. O jogo é contra o Santos, nos Aflitos, e Felipe, por ter seus direitos federativos vinculados ao clube paulista, ficará de fora do encontro por força de contrato. "Tenho a consciência de que temos dois bons goleiros, que podem ajudar sempre que for preciso. Contra o Santos Gideão vai jogar e vai ser muito bem-vindo", comentou Alexandre Gallo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias