Náutico

Náutico centra atenções em meia venezuelano

Juan Arango, de 33 anos, é o meia da seleção venezuelana

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 14/06/2013 às 21:49
Leitura:

Lucho Figueroa deu para trás na negociação com o Náutico, mas o clube pernambucano continua firme na intenção de trazer um jogador internacional, agora para ditar o ritmo no seu meio de campo. O que está mais próximo de acertar com o alvirrubro é o meia da seleção venezuelana – atualmente no Borussia M’gladbach, da Alemanha – Juan Arango, de 33 anos. Trata-se de um dos atletas mais importantes da geração que, há dez anos, ratificou a ascensão do futebol venezuelano.

O assunto é tratado com cautela, até por causa das feridas deixadas por Lucho, que foi anunciado com antecipação e desistiu de ficar nos Aflitos assim que chegou no Recife. Ainda assim, as pistas de que o negócio esteja perto de ser fechado foram dadas ontem pelo diretor de futebol Vinícius Labanca. 

“Há essa possibilidade e as prioridades todo mundo já sabe quais são. Só que sempre que dissemos o nome do jogador as coisas ficaram mais difíceis para a gente”, comentou o dirigente. “As coisas não deram certo com Lucho, mas isso não significa que vão dar errado novamente”, disse.

Enquanto isso, a direção continua sua busca de um técnico para assumir o time na intertemporada que o alvirrubro vai fazer em Natal-RN. “Queremos um técnico que conheça o futebol nordestino e tenha o perfil do Náutico. Alguns são inviáveis, outros caros e alguns nomes são os que podemos contratar. Agora, temos de ter calma porque não podemos errar. Queremos um treinador para o ano todo.”

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias