Náutico

Náutico se agarra no "efeito Júlio César"

Diretoria espera que permanência do goleiro no Timbu consiga atrair mais jogadores "interessantes"

Felipe Amorim
Felipe Amorim
Publicado em 26/12/2014 às 7:00
JC Online
Diretoria espera que permanência do goleiro no Timbu consiga atrair mais jogadores "interessantes" - FOTO: JC Online
Leitura:

Problemas financeiros, crise política nos bastidores do clube, mas a confiança em montar um bom time continua em alta. Pelo menos foi o que garantiu ao Jornal do Commercio o presidente do Executivo, Glauber Vasconcelos. E muito do otimismo passa pela renovação de Júlio César. Para o mandatário, como o goleiro – que é um jogador diferenciado e cobiçado por muitos clubes -, optou por continuar nos Aflitos, isso pode acarretar num efeito cascata de forma positiva.

“Júlio Caesar, além de um grande goleiro, é um rapaz de caráter. A decisão de ele ficar no clube tem duas fortes representações para nós. Primeiro: credibilidade na gente e na honradez daqueles que fazem o Náutico. Depois, é a certeza de que vamos nos organizar para o próximo ano. Ou seja, essas duas coisas trouxeram Júlio César e representam para qualquer outro atleta que em 2015 faremos um esforço muito grande para não acontecer novamente os problemas de 2014”, frisou Glauber.

De fato, na atual temporada, o Náutico sofreu maus bocados quanto à questão financeira. Agora, mesmo faltando dinheiro, houve algo preponderante, afirmou Glauber, para o trabalho não desandar. “Não faltou foi respeito. E isso de Júlio se comprometer conosco e ficar empolgado de vir é porque ele foi muito bem tratado”, disse o presidente, que tentará firmar outros tipos de parcerias como a fechada com a empresa Turquesa, responsável por bancar 50% do salário do goleiro.

“Estamos procurando outros parceiros para a gente trazer jogadores de nível mais alto para dentro do clube”, prometeu Glauber.

Enquanto nenhuma outra contratação impactante aporta nos Aflitos, o clube vai anunciando jogadores da sua realidade financeira. As primeiras contratações para 2015 foram o atacante Josimar (ex-Atlético-GO) e o meia Jefferson Renan (ex-Porto-PE).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias