2015

No Náutico, Josimar assume pressão dos jovens e enumera suas características

Experiente atacante começou a pré-temporada com três garotos da base como companheiros no setor

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 05/01/2015 às 16:57
Rodrigo Carvalho/JC Imagem
Experiente atacante começou a pré-temporada com três garotos da base como companheiros no setor - FOTO: Rodrigo Carvalho/JC Imagem
Leitura:

Primeiro contratado pelo Náutico na temporada 2015, o jogador Josimar foi apresentado nesta segunda-feira (5), no Centro de Treinamento Wilson Campos. Esperançoso com o novo ano, o novo atacante do Timbu apresentou os seus pontos fortes para a torcida, falou de pressão pelo jejum de títulos do alvirrubro da Rosa e Silva e também justificou a sua vinda para Recife.

"Minha principal caracteristica é nunca desistir das jogadas.  Não sou um velocista, que sai driblando os adversários, mas tenho um pouco de agilidade e gosto do confronto no mano mano. Também tenho bastante presença de área por causa da minha altura e do meu porte físico. Por fim, gosto de finalizar de qualquer área do campo, seja dentro ou fora da área, em busca do gol", afirmou.

Voltando das férias, o atacante admitiu que ainda não está na forma física ideal, mas afirmou que não vai demorar para ficar 100%. "Em dezembro tirei um tempo para descansar fisicamente e mentalmente, então não estou na melhor forma. Porém, não estou tão abaixo do ideal e não tenho problemas com peso. Logo, vai ser fácil me recuperar fisicamente para a temporada", explicou Josimar.

Sobre a opção de escolher o Náutico para a temporada, o atacante foi sincero e também elogiou o clube. "Sei que vim para um grande desafio. Porém, quanto maior a dificuldade, maior a oportunidade que você tem de se destacar. Comprei a ideia do técnico Moacir Júnior e, mesmo tendo outras propostas, escolhi o Náutico. É uma camisa que tem peso e um clube que tem uma torcida fanática, que vai me dar uma projeção muito maior do que em qualquer outro que eu fosse", frisou.

Por fim, também falou das cobranças que vai ter no Timbu. Sem ganhar títulos há dez anos, o Náutico ainda não se reforçou no ataque, e só conta com Josimar e outros três garotos da base: Renato, Messinho e Saullo. Além deles, João Paulo, que está na Copa São Paulo de Futebol Júnior, também compõe o setor até o momento.

"Sei que as cobranças vão ser maiores em cima de mim por eu ser um dos mais experientes do ataque. Apesar de não estar totalmente enturmado, já tenho conversado com alguns garotos da base e tenho certeza que, se todos comprarem a ideia de pensar grande independente da idade, vai dar tudo certo. Responsabilidade todos têm, mas como eles ainda são jovens, eu assumo a função de ser um 'líder' do grupo", finalizou o atacante.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias