Náutico

Patrick Vieira e Stéfano Yuri são poupados do treino, mas jogam contra o Brasília

Técnico Lisca tem o time praticamente pronto para a partida de quarta-feira (15)

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 10/04/2015 às 19:38
Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem
Técnico Lisca tem o time praticamente pronto para a partida de quarta-feira (15) - FOTO: Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem
Leitura:

O técnico Lisca tem o Náutico praticamente pronto para o jogo contra o Brasília, quarta-feira (15), na Arena PE, pela Copa do Brasil. Mas, na tarde desta sexta-feira (10), no CT Wílson Campos, na Guabiraba, decidiu poupar dos treinamentos o meia Patrick Vieira e o atacante Stéfano Yuri. Os dois jogadores, no entanto, estão assegurados para o confronto diante dos brasilienses, quando o time só precisa de um empate para ir à segunda fase da competição, pois venceu o jogo de ida por 1x0, em Taguatinga (DF).

"Os nossos treinamentos estão sendo muito puxados. Tive uma conversa com Ricardo (o preparador físico Ricardo Seguins) e decidimos poupar os dois jogadores, pois eles estão voltando de lesões. Mas vou contar com os dois para o jogo", explicou Lisca.

Mesmo sem ter confirmado o time, Lisca resolveu escalar o meia Guilherme na vaga de David, que teve uma queda de rendimento. Além disso, pode pode optar por um esquema com três atacantes no 4-3-3. A outra opção é montar um 4-4-2, com dois atacantes. Caso escolha a primeira alternativa, Renato entra ao lado de Stéfano Yuri e Patrick Vieira.

A dúvida que surgiu é em relação ao volante Marino. O novo contratado do Timbu se apresenta na manhã desde sábado (11). Ele fará exames e vai assinar contrato até o final da Série B do Brasileiro. O técnico alvirrubro já anunciou que pretende promover a estreia do jogador diante do Brasília. Mas, depende da publicação do nome do atleta no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, até a terça-feira (14).

O time mais provável do Náutico é o seguinte: Júlio César; Guilherme, Diego, Welton Felipe e Gastón Filgueira; João Ananias, Filipe Soutto (Marino) e Bruno Alves; Patrick Vieira, Stéfano Yuri e Renato.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias