PÚBLICO

Contra o Ceará, Náutico vai bater seu recorde de público no ano

Até o fechamento da bilheteria na quinta-feira, 15 mil ingressos já tinham sido vendidos

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 14/10/2016 às 7:59
Foto: JC Imagem
Até o fechamento da bilheteria na quinta-feira, 15 mil ingressos já tinham sido vendidos - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

O reflexo da boa fase do Náutico nesta reta final da Série B já começa a ser visto nas arquibancadas da Arena de Pernambuco. Nas duas últimas partidas do Timbu em São Lourenço da Mata, o público ultrapassou os 10 mil pagantes: contra o Vasco, pela 28ª rodada da Segundona, foram 14.648 pagantes, enquanto que no confronto com o Brasil de Pelotas, na última sexta-feira, 11.239 alvirrubros compareceram à Arena.

 

Em 2016, o melhor público do time alvirrubro como mandante foi na semifinal do Campeonato Pernambuco contra o Santa Cruz – 15.596 torcedores. Amanhã, diante do Ceará, a expectativa é de que essa marca seja superada. A última parcial, divulgada pelo clube, ontem, às 18h, foi de que 15 mil ingressos já foram vendidos.

“A diretoria fez de tudo para atrair o torcedor do Náutico para essa partida importante diante do Ceará. Tem ingressos com preços que cabem em todos os bolsos”, declarou Eduardo Henriques, diretor de futebol do Náutico. “A ascensão do time na competição vem ajudando no crescimento do nosso público, o torcedor também está abraçando essa luta pelo acesso e a nossa expectativa é de que o público possa ultrapassar os 20 mil”, contou.

Desde que o Náutico passou a jogar na Arena de Pernambuco, em 2013, o maior público dos alvirrubros como mandante foi na final do Pernambucano de 2014, quando estiveram presentes 30.061 pagantes.

MOTIVAÇÃO

Para o confronto contra o Ceará, os jogadores timbus estão empolgados com a expectativa do maior público do ano do clube, pois a partida pode garantir mais uma rodada no G-4. 

“É uma motivação a mais pra gente. Com certeza o torcedor vai nos ajudar a buscar os três pontos que é fundamental pra gente seguir na briga pelo acesso”, falou Rony, artilheiro timbu na Série B com oito gols.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias