SUPERAÇÃO

Meia diz que Náutico precisa de maturidade para voltar a vencer

Para Marco Antônio, o time alvirrubro precisa digerir o revés diante do Luverdense

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 27/10/2016 às 10:06
Foto: JC Imagem
Para Marco Antônio, o time alvirrubro precisa digerir o revés diante do Luverdense - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Depois da derrota por 2×1 para a Luverdense, na última rodada da Série B, o meia Marco Antônio frisou que o Náutico precisa de maturidade para entender a derrota e voltar a vencer. A justificativa do jogador é que, mesmo estando há oito rodadas sem perder, sendo seis vitórias seguidas, uma hora a derrota iria acontecer. O próximo desafio é o líder Atlético-GO, sexta-feira (28), às 20h30, na Arena Pernambuco. A equipe goiana tem o terceiro melhor desempenho como visitante.

“Corremos, lutamos, mas não conseguimos encaixar na partida. Mas isso acontece. Tem que ser maduro e entender que não é um time imbatível. Uma hora iria perder principalmente porque é um campeonato longo, que não se faz apenas com um time, se faz com um grupo”, afirmou o meia.

RESPONSABILIDADE

O camisa dez do Náutico ainda destacou que o jogo contra o Atlético-GO é uma partida em que os atletas precisam encarar a responsabilidade. Ele ainda salientou que a empolgação da torcida na arquibancada da Arena vai ser um reflexo do time.

“Me motivo a cada jogo. Não posso dizer que é um para decidir. Isso acontece naturalmente. É preciso cada um saber da sua responsabilidade. Também não podemos passar a bola para o torcedor. Temos que ter consciência de que o torcedor vai jogar de acordo com o nosso futebol. E é preciso manter o ritmo que estávamos para conseguir a classificação para a Série A”, afirmou o meia Marco Antônio.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias