APRENDIZADO

Para meia, Náutico ainda está absorvendo novo conceito de jogo

Marco Antônio acredita que os jogadores vão assimilar a filosofia de trabalho de Dado Cavalcanti com o tempo

Wladmir Paulino
Wladmir Paulino
Publicado em 06/02/2017 às 20:09
Foto: JC Imagem
Marco Antônio acredita que os jogadores vão assimilar a filosofia de trabalho de Dado Cavalcanti com o tempo - FOTO: Foto: JC Imagem
Leitura:

Com chances de voltar ao time titular do Náutico na quarta-feira (8), diante do Belo Jardim, pelo Campeonato Pernambucano, o meia Marco Antônio avisou que o time não vai virar uma máquina de futebol da noite para o dia. Para ele, o problema é adotar um novo conceito de jogo, algo que não se apreende com tanta velocidade quanto o torcedor possa imaginar. Marco atuou durante dez minutos no sábado, depois de recuperar-se de uma lesão na coxa direita.

“O grupo precisa criar maturidade de entender o que ele (Dado) está passando. É um conceito de jogo diferente do que a gente estava acostumado. São informações novas, companheiros novos e no futebol as coisas não acontecem de uma hora para a outra. Não existe uma poção mágica que de repente a gente toma e o time engrena, passa a entender tudo”, ponderou.

Para o meio-campista o elenco atual está no meio desse processo e, por isso, atuações tão díspares como a goleada sobre o Uniclinic e a quase apatia no último jogo com o Santa Cruz. “Com muito trabalho a gente vai conseguir chegar lá e poder demonstrar um futebol que possa ter resultado e depois encantar o torcedor”, disse.

LIÇÃO

Dentro desse processo, o treinador teve uma conversa com os jogadores antes do início dos trabalhos dessa semana. Marco Antônio não entrou em detalhes do que foi debatido mas apontou as lições da derrota para não repetir os mesmos erros a partir de agora. “A gente tem que se ajustar, crescer e aprender com tudo que nos acontecer. Tirando as lições dessa derrota podemos ter um caminho bonito pela frente. Uma conversa sempre é benéfica para o crescimento”.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias