CRISE

Ingressos de cortesia representam 50% do público do Náutico na Série B

Modalidade de ingressos ajudam no comparecimento do torcedor à Arena de Pernambuco

Wladimir Paulino
Wladimir Paulino
Publicado em 21/06/2017 às 20:19
Diego Nigro/JC Imagem
Modalidade de ingressos ajudam no comparecimento do torcedor à Arena de Pernambuco - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Os baixos públicos nos jogos do Náutico pela Série B deste ano poderiam ser ainda piores se não fossem as cortesias. Essa modalidade de ingressos em que o portador, como indicado, não paga, é responsável por nada menos do que metade da audiência quando os timbus jogam na Arena Pernambuco. Até o momento, foram cinco jogos – um deles, com o América Mineiro, de portões fechados – e um total de 4.024 pessoas apenas como cortesias.

Ampliando para as gratuidades previstas em lei, o total de não pagantes nas partidas alcança o índice de 59,39% do total. Problema para o clube e para o Governo, o gestor do estádio. Desses quatro jogos, dois deram prejuízo: contra Oeste e Paraná.

Leia matéria completa clicando aqui.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias