Posse

'O Náutico é um só e precisa de todas as alas', disse presidente Edno

Novo presidente do Timbu foi empossado na quarta e falou sobre os objetivos de 2018

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 04/01/2018 às 9:03
Diego Nigro/JC Imagem
Novo presidente do Timbu foi empossado na quarta e falou sobre os objetivos de 2018 - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

O começo oficial de uma nova era no Náutico. Eleito em julho de 2017, em pleito antecipado, Edno Melo foi empossado nesta como presidente do Timbu para o biênio 2018/19. No Memorial Alvirrubro, no estádio dos Aflitos e junto com o vice-presidente Diógenes Braga, Edno falou sobre a caminhada para a união dentro do clube e dos objetivos para 2018.

A solenidade teve a presença de vários ex-presidentes e diretores que passaram pelo Náutico nas últimas décadas, como o ex-mandatário Glauber Vasconcelos e os antigos vice-presidentes de futebol Emerson Barbosa e José Barbosa. Responsáveis pelo futebol nesta temporada, o técnico Roberto Fernandes e o gerente de futebol Ítalo Rodrigues também prestigiaram o evento, que contou com a presença de mais de 100 alvirrubros na sede dos Aflitos.

“O Náutico se renova a cada dia. Hoje foi só mais um passo. Essa posse mostra que realmente a briga política do clube está acabando. Isso que vou lutar a todo tempo no meu mandato: a união dos verdadeiros alvirrubros. O que a gente tem é que acabar é com a dicotomia do bem contra o mal. O Náutico é um só e precisa de todas as alas”, afirmou Edno.

OBJETIVOS

Os 14 anos sem conquistar um título incomodam, mas não são a principal preocupação da nova diretoria para 2018. “Volta a ser campeão é importantíssimo, mas o Náutico não vai fazer loucuras para conseguir isso. Vamos continuar com uma política de austeridade”, disse o presidente, que não quis escolher a principal meta para a temporada. “A gente não tem uma só escolha. Temos que voltar para a Série B e o estádio dos Aflitos é uma condição necessária. A gente vai voltar”, complementou.

Últimas notícias