Sustentabilidade

Artilheiro da Arena em 2018, meia do Náutico abre projeto Gol Verde

Agora, cada gol na Arena se transformará em mudas de árvores nas margens do Rio Capibaribe

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 29/01/2018 às 18:15
Hesíodo Goes/Setur
Agora, cada gol na Arena se transformará em mudas de árvores nas margens do Rio Capibaribe - FOTO: Hesíodo Goes/Setur
Leitura:

Artilheiro da Arena de Pernambuco em 2018, o meia Wallace Pernambucano participou da abertura do projeto Gol Verde, nesta segunda (29). A iniciativa é mais uma ação da Arena Verde, conjunto de atividades que visam preservar o meio ambiente, capitaneada pela Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer do Governo do Estado. Agora, cada gol na Arena da Copa do Mundo de 2014 se transformará em mudas de árvores plantadas nas margens do Rio Capibaribe, que passa próximo ao estádio de São Lourenço da Mata. Dos 14 gols de janeiro, Wallace marcou quatro pelo Náutico.

"É uma iniciativa muito interessante e que eu fiz questão de vir participar. Ajudo meu time e ao mesmo tempo, ajudo ao meio ambiente. Se depender de mim, muitas mudas serão plantadas nesta temporada", afirmou o meia do Náutico.

OBJETIVO

O objetivo desse plantio é preservar a mata ciliar do rio e evitar o assoreamento do Capibaribe. O desmatamento das margens é o principal motivo para a acúmulo de detritos nos leitos dos rios e mudança da topografia. Sem a vegetação na beira dos rios, existe uma facilidade para a erosão do solo e assim ocorre o assoreamento.

"É uma daquelas iniciativas simples, mas de impacto significativo. A sustentabilidade sempre esteve na pauta da Arena de Pernambuco e o Gol Verde acerta em cheio nesta demanda. É uma forma de cuidar diretamente da mata ciliar, ao mesmo tempo em que chamamos atenção da sociedade para a importância dos cuidados não só com o Capibaribe, mas com todos os nossos rios", explicou o secretário Felipe Carreras.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias