Futebol

Da maratona a 'escassez': o desequilibrado calendário do Náutico

No mesmo período de nove dias, Timbu terá sequência de quatro jogos e intervalo sem partidas

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 29/01/2018 às 20:39
Diego Nigro/JC Imagem
No mesmo período de nove dias, Timbu terá sequência de quatro jogos e intervalo sem partidas - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Ainda em janeiro, o Náutico começa a sua segunda maratona de jogos na temporada 2018. Agora, o Timbu fará quatro jogos em nove dias, misturando Copa do Nordeste e Pernambucano. O mais interessante é que, logo após a partida contra o Botafogo (PB), o clube da Rosa e Silva, no mesmo período da sequência desgastante, ficará só treinando.

A maratona começa nesta quarta (31), quando o Náutico visita o Cordino (MA), pela primeira fase da Copa do Brasil. Depois, a equipe encara o Pesqueira, no sábado (3), pela quinta rodada do Pernambucano. Três dias depois, o Timbu recebe o Salgueiro, na Arena e também pelo Estadual. Fechando a sequência, no dia 8, o duelo contra o Botafogo (PB), no estádio Almeidão.

"É um pouco desumana essa sequência, começando numa quarta e terminando numa quinta. Roberto já conversou conosco, avaliaram bastante e estão tendo reuniões para definir quem joga em cada partida. É quase impossível todos aguentarem esses quatro jogos", afirmou Josa, volante do Náutico.

Depois da sequência desgastante em menos de 10 dias, o Náutico só voltará a jogar no dia 17, no Clássico das Emoções contra o Santa Cruz, pelo Pernambucano. Serão nove dias sem partidas oficiais após ter, no mesmo período, quatro duelos. No início de 2018, o Timbu chegou a jogar três partidas em cinco dias.

OS JOGOS

31/1 - Cordino (MA) x Náutico (Copa do Brasil, 1º fase)

3/2 - Pesqueira x Náutico (Pernambucano, 5º rodada)

6/2 - Náutico x Salgueiro (Pernambucano, 6ª rodada)

8/2 - Botafogo-PB x Náutico (Copa do Nordeste, 2ª rodada)

17/2 - Santa Cruz x Náutico (Pernambucano, 7ª rodada)

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias