Timbu

'A gente precisa valorizar o que é nosso', pede vice-presidente do Náutico

Diógenes Braga falou sobre redenção de Bruno, premiações e início do Timbu

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 15/02/2018 às 7:34
Léo Motta/JC Imagem
Diógenes Braga falou sobre redenção de Bruno, premiações e início do Timbu - FOTO: Léo Motta/JC Imagem
Leitura:

Após uma dramática classificação na Bahia contra o Fluminense de Feira, pela Copa do Brasil, o vice-presidente do Náutico analisou a temporada do Timbu até aqui. Falou também sobre a dedicação do grupo, dando o exemplo do goleiro Bruno, e das premiações conquistadas no ano. Com três mata-matas passados, o clube já faturou mais de R$ 3 milhões só com competições eliminatórias em 2018.

"Às vezes a gente fala muito que a bola bate na trave e não entra. Hoje, bateu na nossa e não entrou. Acredito que é muito trabalho, mas também uma corrente positiva para que as coisas deem certo. Lá atrás, quando a gente formou esse time, as pessoas fizeram muita crítica porque a história do Náutico é de um futebol vistoso. Talvez não tenha agora, mas vontade e dedicação deles é inigualável. Esse é um time de luta, que se preciso vai suar sangue para conseguir a vitória", afirmou o vice-presidente do Náutico.

Sobre a parte financeira, Diógenes não quis detalhar como o Náutico vai usar os R$ 3,2 milhões que já garantiu só com as premiações em 2018. Foram R$ 2,5 milhões na Copa do Brasil e R$ 750 na Copa do Nordeste. "É um assunto interno e prefiro não comentar. O que posso dizer é que esse time é comprometido e joga independentemente da premiação. Estão aqui porque sabem que o Timbu é uma grande oportunidade na carreira de todos eles", disse.

VALORIZAR A CASA

Usando a reviravolta do goleiro Bruno como exemplo, o vice-presidente pediu mais apoio para o elenco neste início de temporada. "A gente precisa valorizar o que é nosso. Precisamos entender que quando a gente tem um valor (da base), temos que ter a mesma tolerância do que quem vem de fora. Se já confiávamos em Jefferson, hoje está mais uma vez provado que Bruno tem totais condições de ser titular do Náutico", finalizou Diógenes Braga.

Últimas notícias